De olho em mercados emergentes (o que inclui o Brasil), a Bosch anunciou que está desenvolvendo um novo sistema de freios antitravamento ABS, que estará disponível para motocicletas de até 250 cc a partir deste ano.

O novo sistema, batizado de ABS10, é 45% menor e 30% mais leve que o modelo ABS9, desenvolvido em 2009 para motocicletas de maior cilindrada, e estará disponível em versões de um canal (apenas para a roda dianteira) e dois canais (para as duas rodas da motocicleta). 

 
 
 
 

A novidade chegará no momento em que as montadoras deverão equipar suas motocicletas de série com o dispositivo de segurança. De acordo com uma lei do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), determinada no final de 2014, as empresas deverão ter 10% de sua linha com sistema ABS e, até 2019, todos os modelos deverão dispor do sistema como item de série.

As motos novas com menos de 300 cc deverão trazer o ABS ou o CBS, que distribui a força de frenagem entre as duas rodas. Já para modelos com mais de 300 cc, será obrigatório o ABS. Atualmente, o modelo mais em conta que dispõe do ABS é a Honda CB Twister, que na versão com o equipamento custa R$ 14.550. 

Redação

 

Redação |