Disponível no mercado brasileiro há quase seis anos, o Dafra Citycom acaba de ganhar novidades para a linha 2017, que estará disponível nas concessionárias a partir da segunda quinzena de fevereiro no valor de R$ 18.490 (aumento de R$ 600). O scooter passa a se chamar Citycom S e traz aprimoramentos no conjunto mecânico, que está mais potente.

O novo Dafra Citycom S é equipado com um motor monocilíndrico de quatro tempos, OHC (Over Head Camshaft), refrigerado a água e com injeção eletrônica, de 278,33 cm³, capaz de gerar 27,8 cavalos de potência (aumento de quase 5 cv), a 7.750 rpm, e 2,8 kgfm de torque, a 6.500 rpm, com transmissão automática de variação contínua (CVT). 

“O desempenho do Citycom sempre foi muito elogiado, mas sabíamos que a atualização do motor seria importante, pois as pessoas têm utilizado cada vez mais em vias de trânsito rápido, pegando estrada. Com os quase 5 cv a mais proporcionamos ainda mais flexibilidade ao consumidor”, explica Victor Trisotto, diretor de engenharia da Dafra.

 
 
 
 

De resto, o scooter segue a mesma linha do modelo anterior, com direito a rodas de 16 polegadas, freios a disco FH-CBS (Full Hidraulic Combined System, ou freios combinados de acionamento hidráulico), lanterna traseira em LED, painel de instrumentos com iluminação em LED, porta-luvas com tomada de 12V, gancho retrátil para levar sacolas, bancos em dois níveis, compartimento sob o assento, entre outros.

O modelo está disponível nas cores branca, preta brilhante e preta fosco. 

Redação

 

Redação |