A Ducati se prepara para anunciar seu principal lançamento para este ano no mercado brasileiro. A nova Scrambler, que foi considerada a motocicleta mais bonita do Salão de Milão de 2014, já está sendo produzida pela empresa em parceria com a Dafra, em Manaus (AM), como mostra a lista de fabricação da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motos e Similares (Abraciclo).

O novo modelo já marca presença no site da Ducati e deve se posicionar como a moto de entrada da linha, ocupando o lugar da atual Monster 821, oferecida por R$ 43,9 mil.

A Ducati Scrambler é equipada com um motor de dois cilindros em “L”, com 803 cc, refrigerado a ar, capaz de desenvolver 75 cavalos de potência, a 8.250 rpm, e 6,9 kgfm de torque, a 5.750 rpm, associado a um câmbio de seis velocidades, com embreagem deslizante APTC, e com transmissão final por corrente.

O modelo traz ainda quadro treliça de tubos de aço, suspensão dianteira invertida Kayaba, suspensão traseira ajustável Kayaba, rodas de 18 polegadas na dianteira e 17 na traseira, freios com discos simples nas duas rodas e sistema ABS, entre outros. Há também painel de instrumentos com tela LCD.

A novidade será oferecida nas versões Classic (com banco vintage, protetores de alumínio e faixa preta no tanque, rodas raiadas com pneus Dual Sport Pirelli, pintura na cor Laranja Sunshine, faixa de alumínio sob o banco, para-lamas de alumínio) e Urban Enduro (que traz banco com sulcos, para-lama dianteiro mais alto, rodas de liga-leve, protetores de garfo, farol com grade e guidão off-road com barra transversal).

Haverá ainda a Icon (rodas de liga-leve, pintura amarela ou vermelha, protetores de alumínio no tanque e guidão mais alto) e a Full Throttle (com banco inspirado no design para corridas, painéis laterais do tanque na cor preta, para-lama dianteiro curto com faixa amarela, silenciadores Termignoni, rodas de liga-leve, guidão mais baixo inspirado nas pistas de terra batida e traseira esportiva)

Os preços ainda não foram divulgados, mas como a Scrambler vai ocupar uma posição inferior a da Monster 821, é de se esperar por valores entre R$ 35 mil e R$ 40 mil. 

 
 
 
 
Redação

 

Redação |