A CG Cargo, boa opção de motocicleta para frotistas e profissionais liberais evoluiu na linha 2014. Agora, além da CG 125 Cargo KS, passam a fazer parte da linha as versões CG 125 Cargo ESD e CG 150 Cargo ESD. A nova família segue a mesma linha visual dos demais modelos da família CG, apresentados em agosto de 2013, com destaque para o painel digital, presente nas três versões.

Homologada para o uso profissional, a CG Cargo foi projetada especialmente para o transporte de carga e para o uso utilitário, com baixo custo de manutenção, economia de combustível e ótima relação custo-benefício. O modelo conta com bagageiro que carrega até 20 kg de carga e possui acabamento cromado. A Honda oferece a CG Cargo na cor branca, que dá maior liberdade às empresas para padronizarem suas frotas.

Novidade na CG 125 Cargo, a versão ESD possui sistema de freio dianteiro a disco de 240 mm e também conta com sistema de partida elétrica. Já a versão de entrada KS possui partida a pedal e freios a tambor, com 130 mm de diâmetro tanto na dianteira quanto na traseira, de baixo custo de manutenção.

O tanque tem capacidade para armazenar 15,2 litros de combustível e o assento é individual. Ambas são equipadas com motor que gera 11,6 cv a 8.250 rpm e torque de 1,06 kgf.m a 6.000 rpm. Os preços públicos sugeridos são de R$ 5.500 para a CG 125 Cargo KS e R$ 6.300 para a CG 125 Cargo ESD./p>

Para quem quer investir um pouco mais, há a CG 150 Cargo ESD, oferecida por R$ 6.800. Equipada motor monocilíndrico OHC Flex de 149,2 cm3 arrefecido a ar, tem potência máxima de 14,2 cv (gasolina) e 14,3 cv (etanol) a 8.500 rpm. Ela conta com injeção eletrônica PGM-FI, que aliada ao tanque de combustível de 15,6 litros, proporciona maior autonomia. 

 
 
 
 
Ricardo Meier

 

Ricardo Meier |