Com mais de 80% do mercado de motos no Brasil, a Honda poderia ter uma postura mais conservadora e aproveitar os louros da vitória, mas a marca japonesa não se contenta com isso. A prova chama-se SH150i.

A irmã menor da SH300i acaba de chegar ao país e promete aumentar ainda mais a participação da Honda no segmento de scooters, hoje maior que a das motos fun, o segmento de alta renda. A primeira pergunta que surge é: e a PCX 150, como fica? Continuará como principal scooter em volume de vendas, mas a SH150i deve atrair uma boa clientela e, quem sabe, nova também. A ideia da marca é atrair gente que sonha em ter um veículo de duas rodas mas que ainda não tomou coragem para isso.

Por essa razão, a nova scooter é diferente da PCX ao oferecer uma posição mais ereta e confortável de pilotar, além de assoalho plano e mimos como o Idling Stop, sistema que desliga o motor em paradas com mais de três segundos, ou a Smart Key, que dispensa chave e pode acionar a moto até a dois metros de distância.

Ou seja, ela é uma scooter econômica, com respostas ágeis (embora use o mesmo motor 149,3 cm³ da PCX seu mapeamento é diferente), foco no conforto graças às suspensões mais altas e também às rodas aro 16, outra exclusividade do modelo.

Mobilidade

Produzida em Manaus, a SH150i chegará às concessionárias em maio com preço de R$ 12.450, o que dá R$ 1.650 a mais que a PCX DLX. A Honda explicou porque a SH150i pode ter espaço mesmo com o sucesso da irmã. Como seu design é mais europeu (onde faz bastante sucesso há décadas), a SH150i deve atrair um público novo, que busca uma alternativa de mobilidade e que também seja segura - a scooter tem freios ABS de série, por exemplo.

Com bom espaço para bagagem e algumas comodidades como carregador de 12V no compartimento lateral, a nova Honda parece perfeita para o uso urbano: tem baixo consumo, visual atraente e as condições de venda facilitadas. Segundo a fabricante, é possível pagar 10% de entrada e facilitar o restante em 18 parcelas de pouco mais de R$ 800 ou, então, arcar com 20% de sinal (R$ 2.490) e dividir o saldo em 36 vezes de menos de R$ 400.

Pela penetração da Honda e o carisma da SH150i, vender bem parece que não será um problema.

 
 
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
Honda SH150i 2017
Honda SH150i 2017
 
 
Ricardo Meier

 

Ricardo Meier |