A Honda começa a oferecer a partir desta semana a linha 2017 da naked CB 650F e sua irmã esportiva, a CBR 650F, a qual domina mais de 60% de vendas da categoria. Ambas serão oferecidas somente com sistema de freios ABS e terão preço sugerido de R$ 37.000 e R$ 38.800, respectivamente.

A principal novidade mecânica da dupla diz respeito a uma atualização no sistema de injeção eletrônica para o propulsor de 649 cm³, que passa a atender a segunda fase do PROMOT4. Além do remapeamento da injeção, a Honda também adotou um novo cânister com filtro de carvão ativo e melhorias no catalisador. Segundo a fabricante, com tudo isso foi obtida uma redução de 42,7% no monóxido de carbono, além de 36,5% de diminuição das emissões de hidrocarbonetos. 

Os olhares mais atentos já deverão ter notado pelas imagens que a CB e a CBR 650F 2017 receberam novos grafismos exclusivos para o país e desenvolvidos por aqui baseados no time de competições da Honda, o Team HRC. A ideia também foi conferir mais “status” às duas motos, que são vistas como objetos de desejo e realização por parte de seus consumidores, destaca a fabricante. Os clientes poderão escolher entre as combinações vermelha, branca e azul com rodas douradas ou a vermelha e preta com rodas pretas.

O motor de 649 cm³ entrega 87 cv a 11.000 rpm e o torque é de 6,4 kgfm a 8.000 rpm. O câmbio segue com 6 marchas e a transmissão final por corrente. Um ponto importante, é que as duas motos passam a contar com três anos de garantia e o mesmo prazo de cobertura para o Honda Assistance, que presta assistência e resgate para o motociclista em caso de pane no Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Venezuela.

 
 
 
 
César Tizo

 

César Tizo |