Depois da nova Kawasaki Ninja H2, que teve 28 unidades importadas a partir de julho do ano passado, cada uma com preço de R$ 120 mil, a montadora japonesa vai oferecer no Brasil a nova H2R, versão para as pistas da motocicleta superesportiva. O modelo estará disponível a partir de julho, mas apenas sob encomenda, pela bagatela de R$ 350 mil, se posicionando como a moto mais cara à venda no País.

A Kawasaki Ninja H2R vem equipada com um motor de quatro cilindros em linha e 998 cc, com supercharger e compressor de ar, capaz de entregar 326 cavalos de potência. A fabricante não divulga dados como aceleração e velocidade máxima da motocicleta, mas cogita-se que o modelo seja capaz de alcançar 357 km/h.

 
 
 
 

Além do motor bastante potente, o a H2R se diferencia do modelo “convencional” por pequenas “asas” em suas carenagens de fibra de carbono, para otimizar o efeito aerodinâmico. Ainda em comparação com a H2, a versão de pista é mais leve em 22 kg, totalizando 216 kg em ordem de marcha. Outro diferencial são os pneus Bridgestone Racing Battlax Slick.

A Kawasaki espera comercializar apenas um exemplar da Ninja H2R no Brasil. 

Redação

 

Redação |