Mais cara do que Motoo imaginava, a nova G 310 GS chegará às lojas da BMW em março por R$ 24.900. São R$ 3 mil a mais que a G 310 R, sua irmã e com quem compartilha muitos componentes, incluindo o motor de 313 cc.

A BMW havia anunciado que a produção da nova moto já estava acelerada em fevereiro para abastecer a rede de 49 concessionárias. “Estamos muito orgulhosos com a chegada ao mercado brasileiro da nova BMW G 310 GS, uma motocicleta que traz o melhor da linha GS e promete elevar o patamar de qualidade do segmento de baixa cilindrada”, disse Federico Alvares, diretor da BMW Motorrad no país.

A marca alemã aposta no sucesso da G 310 GS por uma boa razão: essa categoria de motos é a que mais tem compradores no Brasil. A R 1200 GS e F 800 GS são os dois modelos mais vendidos da BMW por aqui.

Mais acessível, a G 310 GS une o estilo de uma aventureira, com direito a linha de cintura alta e proporções compactas, com algumas características mecânicas como o motor monocilíndrico de 313 cc e 34 cv de potência.

Mais ergonômia e com uma posição ereta de pilotar, a moto promete ser bastante prazerosa e confortável seja ambiente urbano ou numa estrada.

A suspensão traseira utiliza uma estrutura tubular de aço com seção traseira de parafuso enquanto a suspensão dianteira é equipada com um garfo invertido – a G 310 GS vem equipada com ABS de série.

Com capacidade para produzir até 10 mil motos por ano, a fábrica de Manaus tem espaço de sobra para dar conta da possível demanda da G 310 GS. Hoje, a BMW é a marca de motos premium mais vendida do país.

 
 
BMW G 310 GS 2018
 
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
 
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
 
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
 
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
 
BMW G 310 GS 2018
BMW G 310 GS 2018
 
 
Ricardo Meier

 

Ricardo Meier |