Sem dúvida nenhuma é o visual que mais chama a atenção na Triumph Street Cup, modelo criado pela marca com o verdadeiro espírito café race dos anos 60. O guidão baixo no tradicional estilo “ace”, assento concha com capa monoposto que pode ser removível para levar o garupa e espelhos retrovisores na ponta do guidão. São muitos os detalhes que configuram o estilo Street Race, sem abrir mão da mais recente tecnologia e com uma ergonomia que proporciona uma pilotagem confortável, agradável e segura.

Motor

O motor Bonneville conta com 900 cm³ de deslocamento, 8 válvulas e alto torque. A potência máxima é de 55 cv a 5.900 rpm, mas a força máxima de 8,16 kgfm acima das 3.500 rpm faz a diferença. A Street Race utiliza transmissão de corrente e câmbio de 5 velocidades, que proporciona acelerações e retomadas de velocidade empolgantes, bem ao estilo esportivo. A sensação de segurança é sentida logo nos primeiros metros com a moto, que, acompanhada pelo ronco “cheio” do motor, aguçam a vontade de acelerar. Por isso, fica a dica, é importante estar atento aos limites de velocidade.

O consumo, considerando que estamos em uma moto de 900 cm³, ficou perto dos 21 km/l na cidade. Mesmo se você adotar uma condução um pouco mais agressiva, a media cai para 19,5 km/l. Já na estrada e com uma tocada suave, a Street Cup chega aos 29 km/l de acordo com os dados da marca. Com seu tanque de 12 litros, a autonomia pode chegar aos 300 km. Ponto positivo também vai para o acelerador eletrônico, que, como promete a Triumph, ajuda a moto e oferecer uma pilotagem precisa e suave.

Suspensão

A suspensão dianteira tem garfo Kayaba de 41 mm e curso de 120 mm, conjunto que deixa uma aparência ainda mais agressiva para a Street Cup. Na traseira, a suspensão Twin Shock também da Kayaba conta com ajuste de pré-carga e o mesmo curso de 120 mm entrega ciclística bem confortável mesmo em piso irregular. As rodas de liga leve dianteira aro 18” com pneus 100/90 R18 e traseira aro 17” com pneus 150/70 R 17 são finalizadas na cor preta com detalhes em amarelo.

Visual e estilo Café Racer

A moto agrada quem gosta do estilo retrô, porém acaba se tornando restrita a um público bem específico. Outro fator importante é que para atender o estilo Café Racer vamos encontrar pontos positivos como a suspensão traseira, que foi elevada, e o ângulo de cáster reduzido, que deixou a moto mais precisa nas curvas e ágil na pilotagem. Já os retrovisores na ponta do guidão são um ponto negativo, já que isso dificulta as manobras nos corredores entre os carros. Outro fator é o banco do garupa, que ficou limitado em suas funções, porém você pode comprar um banco “comfort” inclusive em couro marrom, com preço entre R$ 1.300 e R$ 1.500. Comentando sobre assessórios, a Street Cup tem uma grande variedade, mas pouca coisa está disponível aqui no Brasil. Apesar de pequeno, o para-brisas é suficiente e ameniza bem o vento sobre o peito do piloto. O painel de instrumentos mantém o estilo da Street Cup e aumenta a sensação de estar pilotando um moto dos anos 60, sendo bem completo nas informações exibidas.

Podemos dizer que a Triumph Street Cupe é realmente uma moto solo, capaz de levar alguém na garupa ocasionalmente, mas uma coisa não podemos negar: a diversão e a exposição por onde quer que você passe são garantidas.

A moto que avaliamos foi uma unidade na cor amarela “Racing Yellow”, como a das fotos, mas a Street Cup também pode ser encontrada na cor “Silver Ice”. O preço sugerido é de R$ 41.990, porém, até o dia 31 deste mês, é possível encontrar a Triumph Street Cup em promoção por R$ 36.990. Se ela figura nos seus planos de compra, é um bom momento para aproveitar.

Banco do garupa: nota 7

“Eu até andei alguns dias na Street Cup e ela pode ser usada por duas pessoas em passeios curtos, mas ela é realmente uma moto solo” - opinião de Alessandra B. Lazzari

 
 
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
Triumph Street Cup 2017
Triumph Street Cup 2017
 
 

Ficha Técnica – Triumph Street Cup

Motor: SOHC, 8 válvulas, arrefecido a líquido
Cilindrada: 900 cm³
Diâmetro x Curso: 84,6 x 90 mm
Relação de Compressão: 11,5:1
Sistema de alimentação: Injeção Eletrônica
Combustível: Gasolina
Potência máxima: 55 cv a 5.900 rpm
Torque máximo: 8,16 kgfm a 3.230 rpm
Transmissão: 5 marchas
Sistema de partida: elétrico

 

José Luiz Lazzari |

Veja mais notícias da marca