Dona do mercado brasileiro nos segmentos de entrada, a Honda pretende manter esse domínio com o lançamento da CG 160 Start, nova versão da moto mais vendida do Brasil. Ela une a já conhecida versatilidade da motocicleta com um motor mais potente.

Visualmente, a nova CG 160 muda pouco: além de novos grafismos, uma tampa do tanque de estilo esportivo, segundo a marca. A maior novidade é mesmo o motor OHC a gasolina, de quatro tempos e arrefecido a ar. Ele pesa o mesmo que o anterior, mas tem potência maior (14,9 cv contra 14,2 cv) entregue a uma rotação um pouco mais baixa (8.000 rpm contra 8.500 rpm).

 
 
 
 

O torque passou de 1,32 kgfm a 6.500 rpm para 1,4 kgfm a 6.000 rpm. Ou seja, além de ter respostas mais rápidas, ela é mais econômica e atente os requisitos de emissões do PROMOT 4 na sua segunda fase.

Os pneus são 80/100-18 na dianteiro e 90/90-18 na traseira. A suspensão dianteira utiliza um garfo telescópico de 135 mm e sistema de duplo amortecimento - na traseira, por mola com 106 mm.

Assim como suas irmãs, a CG 160 Start é produzida em Manaus e chegará às lojas em abril por R$ 7.390 com garantia de três anos sem limite de quilometragem.

Ricardo Meier

 

Ricardo Meier |