Caso você não saiba, o sedã Corolla é o automóvel mais vendido da história. O famoso sedã da Toyota havia atingido 44 milhões de unidades produzidas no ano passado e certamente já passou de 45 milhões à essa altura.

Parece muito mas quando se sabe que a Super Cub, a pequena motoneta que a Honda lançou em 1958 (oito anos antes do Corolla) chegou à marca de 100 milhões de unidades fabricadas a gente entende porque ela é o veículo a motor mais produzido da história.

O marco foi atingido no dia 19 de outubro e contou com uma cerimônia comemorativa no Japão com a presença do CEO da Honda Takahiro Hachigo: “A Super Cub atende as expectativas de nossos consumidores e traduz a paixão da Honda em servir as pessoas em todo o mundo com a alegria de expandir o potencial de suas vidas", disse o executivo na ocasião.

Também conhecida por C100, a motocicleta é hoje produzida em 15 países e mantém o foco nos requisitos que a originaram: ser um veículo fácil e barato de manter, conforme pedido de ninguém menos que Soichiro Honda, fundador da montadora e que buscava tirar o Japão da pobreza do pós-guerra.

No Brasil, a C100 chegou em 1993 com o sobrenome “Dream” e foi vendida por cinco anos até que a Honda decidiu evoluir o modelo e lançar a famosa Biz, até hoje uma das motos mais comercializadas no país.

Ricardo Meier

 

Ricardo Meier |