Dentre os modelos oferecidos pela Royal Enfield, a Continental GT foi a que mais me agradou e, sem dúvida, é a que oferece a melhor performance. Dentro de seu quadro, a Continental GT abriga um motor que ganhou algumas alterações para alcançar os 535 cm³ e oferecer 29,1 cv de potência a 5.100 rpm. Durante nossa avaliação, o motor da Continental nos pareceu que não gosta de trabalhar em giros mais altos, porém mostra uma entrega de potência e torque bem gradual. As retomadas de velocidade também são satisfatórias.

As pedaleiras posicionadas ligeiramente mais para trás e o guidão baixo, nos remete de imediato à sensação de uma moto de competição. A Continental GT é leve, registrando 184 Kg, graças ao chassis de alumínio. Com isso, a Continental GT mostra um comportamento versátil e ágil e garante uma pilotagem agradável e divertida.

Mas é bom deixar registrado que, em trechos mais longos, o banco um tanto quanto mais duro e a posição esportiva da Continental GT comprometem o conforto e obriga o motociclista a paradas estratégicas para descanso.

Os freios, a disco tanto na roda dianteira como traseira, são muito eficientes. Porém, nos modelos sem ABS, é importante ficar atento com as frenagens de emergência. Por isso, vale muito a pena investir mais R$ 1.500 para adquirir a Continental GT com ABS.

O sistema de suspenção adota o tradicional garfo telescópico na dianteira e os muito bem-vindos amortecedores Paioli na traseira.

O visual é de chamar atenção, principalmente na cor vermelha, que reflete a verdadeira vocação Café Racer da Continental GT. Durante nossa avaliação, sempre um comentário positivo ou elogio era feito por alguns interessados no modelo da Royal Enfield.

O preço sugerido da Continental GT é de R$ 23.000 sem ABS, ou, como já mencionamos, R$ 24.500 com o sistema anti-travamento das rodas. As cores disponíveis para a moto são vermelha, verde e preta.

Ficha técnica 
 
Motor: monocilindro, 4 tempos, refrigerado a ar
Cilindrada: 535 cm³
Diâmetro x Curso: 87mm x 90mm
Taxa de Compressão: 8.5:1
Potência Máxima: 29,1 cv a 5.100 rpm
Torque Máximo: 4,49 kgfm a 4.000 rpm
Sistema de Ignição: eletrônica digital
Embreagem: úmida, multi-placas
Câmbio: 5 marchas
Lubrificação: carter úmido
Partida: elétrica e pedal

Chassi: quadro com estrutura dupla
Suspensão dianteira: garfo de 41 mm, curso de 110 mm
Suspensão traseira: amortecedores Paioli a gas duplos com ajuste de pré-carga, curso de 80mm

Distância entre eixos: 1360 mm
Altura em relação ao solo: 140mm
Comprimento: 2060 mm
Largura: 760mm (sem os espelhos)
Altura: 1070 (sem os espelhos)
Altura do assento: 800 mm
Peso: 184 kg
Capacidade do tanque: 13,5 l

Pneus dianteiros: 100/90-18 56 H
Pneus traseiros: 130/70-18, 63 H 
Freio traseiro: Disco único de 240 mm, pistão, com pinça flutuante 

 
 
Royal Enfield Continental GT 2018
 
Royal Enfield Continental GT 2018
Royal Enfield Continental GT 2018
Royal Enfield Continental GT 2018
 
Royal Enfield Continental GT 2018
Royal Enfield Continental GT 2018
Royal Enfield Continental GT 2018
 
Royal Enfield Continental GT 2018
Royal Enfield Continental GT 2018
 
 

 

José Luiz Lazzari |