A linha Harley- Davidson Softail 2018 recebeu mudanças significativas. Com novo motor mais potente, nova suspensão e novo chassis mais leve e rígido, a gama mostra qual é a cara do novo momento da marca norte-americana. Alguns mais nostálgicos questionaram se a família se manteve fiel aos princípios da Harley e nós do Motoo avaliamos a Street Bob 2018 para saber se as mudanças surtiram efeitos realmente positivos. Confira:

Motor 

O motor Milwaukee-Eight 107 V.Twin de 1.745 cm³ conta com 4 válvulas por cilindro e empolga a cada mudança de marcha. As acelerações e retomadas de velocidade são intensas, o que deixa a pilotagem muito divertida. Outro fator que agradou é a moto passou a vibrar muito menos, ajudando a amplificar o prazer na pilotagem. Dentro de uma tocada suave, o consumo médio foi de 16 km/l. Com tanque de combustível com capacidade para 13,2 litros, a autonomia fica próxima dos 220 km.

Visual

As rodas raiadas são um dos destaques que compõem muito bem o visual nostálgico da Street Bob e contrapõe com a tecnologia de um painel totalmente digital e completo de informações. O visual chama a atenção e agradou. Certamente ele não deixa a moto passar despercebida. O guidão na cor preto fosco do tipo “seca sovaco” com logo em alto relevo na cor bronze em conjunto com a bolha do tanque na cor preto fosco ressaltam a aparência mais ousada da Street Bob.

Ciclística

A pegada da Street Bob é mais agressiva, assim como sua suspensão tende para a maior rigidez, mas considerando o estilo old school da moto sua posição de pilotagem não deixa de ser confortável. Particulamente para a equipe do Motoo, a manopla poderia ser um pouco mais baixa que da altura do ombro, o que deixaria as costas mais eretas e os braços mais relaxados.

As pedaleiras não ficam avançadas demais nem recuadas em demasia. Pilotos mais altos notarão que as pernas ficam mais flexionadas e, depois de um certo tempo de pilotagem, você começa a sentir as pernas cansadas por conta disso. Um comando mais avançado é uma boa opção para que tem acima de 1,88 metro. Para os de menor estatura, contudo, a posição de pilotagem da moto é ideal.

No trânsito urbano ela passa muito bem pelos corredores, mas as mudanças de direção são mais trabalhosas e não espere também encontrar muita agilidade.

Freio/suspensão 

O sistema de freio com sistema ABS de um único disco na traseira e na dianteira mostrou-se eficiente. Ele garante uma boa dose de tranquilidade nas frenagens de emergência.

A nova suspenção traseira mais rígida preserva o visual hardtail e permite um melhor comportamento nas curvas, mas faz você sentir as imperfeições do piso bem mais claramente. Uma eventual regulagem mais macia poderia ajudar. Graças ao menor peso do conjunto, na parte dianteira a moto mostrou-se mais estável.

A Street Bob tem o preço sugerido a partir de R$ 55.980 e tem as opções de cores Vivid Black, Red Iron Denim, Wicked Red/Twisted Cherry e Industrial Grey Denim/Black Denim.

Banco do garupa – n/d

Nesse teste não poderemos avaliar o transporte de mais uma pessoa já que a Street Bob avaliada veio como sai de fábrica, com banco solo e sem pedaleira. Caso você queira, será necessário gastar por volta de R$ 2.500 para levar alguém na garupa.

 
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
Harley-Davidson Street Bob 2018
Harley-Davidson Street Bob 2018
 
 

Ficha técnica

Motor: 1.745 cm³ 
Diâmetro do cilindro: 100 mm
Curso do êmbolo: 111,1 mm
Taxa de compressão: 10,0:1
Torque: 14,7 kgfm a 3.000 rpm
Alimentação: injeção eletrônica de combustível por portas sequenciais (ESPFI)
Escapamento: Shotgun descentralizado 2 em 2, catalisador no silenciador

Comprimento: 2.340 mm
Altura do assento sem peso: 680 mm
Distância mínima do solo: 125 mm
Ângulo de inclinação (coluna de direção): 30º
Trail: 157 mm
Distância entre-eixos: 1.630 mm
Pneu danteiro: 100/90B19
Pneu traseiro: 150/80B16
Tanque de combustível: 13,2 l
Reservatório de óleo (com filtro): 4,7 l
Peso: 286 kg
Freios: tipo cáliper dianteiro fixado com 4 pistões e traseiro flutuante com 2 pistões
 

 

José Luiz Lazzari |