Uma realidade entre os automóveis, o conjunto mecânico elétrico deverá estar presente em massa futuramente também no ramo de motocicletas. A Yamaha, por exemplo, trabalha para lançar suas primeiras motocicletas elétricas. Recentemente, a fabricante promoveu os modelos PED1 e PES1 (apresentados há cerca de quatro anos) no Japão, o que dá indícios de que ambas as motos podem chegar em breve à linha de produção.

Batizada de E-Kizuna Project, a nova ação da Yamaha quer destacar as vantagens e soluções das motocicletas elétricas, sobretudo nos centros urbanos, que atualmente sofrem com poluição, congestionamentos e escassez de vagas de estacionamento.

Além disso, a marca oferece uma rede de estações onde os proprietários de motos elétricas podem substituir as baterias com carga baixa por outras novas. Esta solução dá indícios de que os modelos “ecológicos” da Yamaha poderão ser lançados no mercado sem um carregador a para “repor as energias” das baterias numa tomada residencial, por exemplo, com a possibilidade de oferecer baterias substituíveis.

Os modelos PES1 (naked) e PED1 (trail) compartilham o mesmo chassi central e motor elétrico alimentado por baterias de íon de lítio. De acordo com executivos da Yamaha, os modelos têm autonomia de cerca de 200 quilômetros e são bastante leves, com 100 kg e 85 kg, respectivamente.

Atualmente, a Yamaha oferece em sua linha a E-Vino, uma motocicleta elétrica urbana que oferece autonomia de 20 km e velocidade máxima de 30 km/h.  

 
 
Yamaha PED1 Concept
 
Yamaha PED1 Concept
Yamaha PED1 Concept
Yamaha PED1 Concept
 
Yamaha PED1 Concept
Yamaha PED1 Concept
Yamaha PES1 Concept
 
Yamaha PES1 Concept
Yamaha PES1 Concept
Yamaha PES1 Concept
 
Yamaha PES1 Concept
Yamaha PES1 Concept
 
 
Redação

 

Redação |

Veja mais notícias da marca