PCX ou ADV 150: o que muda entre os scooters da Honda?

Opção aventureira e modelo mais vendido do Brasil em sua categoria compartilham motor e chassi, mas são diferentes
PCX 150 ou ADV 150?

PCX 150 ou ADV 150? | Imagem: Motoo

Desde julho, a Honda já confirmou que tem a intenção de trazer ao Brasil o ADV 150. Scooter com pegada aventureira, a novidade pode desembarcar por aqui até o final do ano. O modelo compartilha importantes porções de seu projeto com o PCX 150, modelo que é o mais vendido do Brasil em sua categoria. Enquanto o Honda ADV 150 não chega, que tal saber o que ele tem a mais em relação ao modelo original?

Começando pelos preços, usamos por base o mercado norte-americano, onde a Honda já oferece a dupla de scooters. O ADV 150 custa US$ 4.299 (R$ 24 mil na conversão direta), enquanto o PCX sai por US$ 3.699 (R$ 20,7 mil) já com freio ABS dianteiro. Tal versão equivalente no Brasil custa R$ 13.990. Se a diferença de valores de R$ 3,3 mil se manter, é possível que o ADV 150 vendido no Brasil tenha um preço entre R$ 17 mil e R$ 18 mil.

Saiba mais: veja o que os gringos acharam do Honda ADV 150

Honda ADV 150
Honda ADV 150
Imagem: Divulgação

Apesar de o modelo aventureiro ter um visual bem diferenciado em relação ao scooter que lhe deu origem, ADV 150 e PCX 150 compartilham do mesmo chassis. O mesmo acontece com o conjunto motriz, com as duas motos fazendo uso de um motor monocilíndrico de 149 cm³ com arrefecimento a líquido, entregando 13,2 cv de potência e 1,38 kgfm de torque. O câmbio é automático CVT. A Honda dos EUA declara 133 kg de peso em ordem de marcha para o ADV. O PCX nacional tem apenas o peso a seco (sem fluídos ou combustível) informado: 126 kg.

As diferenças no visual são bastante relevantes. Enquanto o Honda PCX tem carenagens mais volumosas e faz mais uso de curvas, o ADV 150 tem peças menores e com ângulos mais retos e marcados para aumentar a impressão de robustez, agilidade e dando uma postura mais elevada.

Os dois scooters contam com freio ABS na dianteira de série nos EUA, enquanto no Brasil há ainda uma opção apenas com freios combinados. O nosso PCX tem painel digital, mas simples. Já o ADV 150 dos EUA traz um cluster em formato de tablet com mais informações de computador de bordo e fundo de alto contraste. Ambos já contam com lâmpadas de LED para a iluminação.

A grande diferença entre o PCX e o ADV aparece mesmo no conjunto de suspensão, rodas e pneus. Ambos os scooters da Honda usam garfo telescópico na dianteira e duplo amortecedor na traseira. Porém, o aventureiro tem mais curso: são 100 mm na dianteira e de 100 mm na traseira para o PCX e, respectivamente, 130 mm e 119 mm para o ADV. A suspensão traseira tem ainda um reservatório de fluído remoto, algo que o PCX não traz e que é mais comum em veículos fora-de-estrada.

Os dois scooters da Honda usam rodas de liga leve de 14 polegadas na dianteira, mas, na traseira, o PCX repete a medida, enquanto o ADV tem uma roda de 13 polegadas. O primeiro tem pneu ne medida 100/80-14 na dianteira e 120/70-14 na traseira. O pneu frontal do aventureiro é um pouco mais largo, 110/80-14, assim como o traseiro: 130/70-13.

Honda PCX 2019
Honda PCX 150
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Honda PCX

Honda PCX