Bajaj CT 100: conheça a moto mais barata da marca que virá ao Brasil

Empresa indiana confirmou que se instalará em nosso mercado e terá fábrica. Empresa tem opções acessíveis em sua sede
Bajaj CT 100

Bajaj CT 100 | Imagem: Divulgação

Na última semana, a Bajaj confirmou que irá se instalar no mercado brasileiro como parte de sua expansão global para mercados de motos de grandes volumes. A marca já até contratou um ex-executivo brasileiro da Harley-Davidson para ajudar no processo. Oferecendo modelos de porte pequeno e médio, variando entre 100 cm³ e 400 cm³, a marca indiana tem foco no segmento de entrada.

O seu modelo mais barato para aquele mercado é a Bajaj CT 100, pequena moto urbana. Ela acabou de ser renovada na Índia. Recebeu atualizações mecânicas para atender a normas de emissões mais rígidas por lá e ganhou um marcador de combustível. Ela é bem espartana de equipamentos, mas, por outro lado, é muito barata. Na Índia, ela sai por 46.432 rúpias, ou pouco mais de R$ 3,5 mil na conversão direta.

Bajaj CT 100
Bajaj CT 100 é espartana, mas tem itens que os indianos apreciam
Imagem: Divulgação

Claro que, com proposta acessível e um preço baixo, a Bajaj CT 100 é bem espartana. O velocímetro é analógico e a instrumentação se resume apenas às luzes espia no painel. As rodas são de liga leve de 17 polegadas, mas os pneus são de câmara. Os dois freios da moto são a tambor e a partida é a pedal. No entanto, tem itens que fazem sucesso nas ruas indianas, como protetor de motor e de chassi, além de uma capa para a corrente.

Mecanicamente, não tem nada muito fora do usual. O motor monocilíndrico de 102 cm³ tem arrefecimento a ar, mas já é alimentado por injeção eletrônica. Com comando simples de válvulas no cabeçote, entrega 7,9 cv de potência e 0,83 kgfm de torque. O câmbio tem quatro velocidades, com engates para baixo, como na Honda Biz, por exemplo. A Bajaj diz que a velocidade máxima da CT 100 é de 90 km/h.

Bajaj CT 100
Bajaj CT 100
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!