BMW confirma pacote M para a S 1000 RR

Mercado brasileiro receberá opcional de performance para a superesportiva da marca bávara até o mês de setembro
Acima a BMW S 1000 RR com o pacote M Performance

Acima a BMW S 1000 RR com o pacote M Performance | Imagem: Divulgação

A BMW Motorrad do Brasil confirmou que trará ao Brasil até o fim deste trimestre a S 1000 RR com o pacote M. A novidade compreende uma série de melhorias de performance para a supereportiva da marca e é opcional em outros mercados. No entanto, a empresa divulgará os preços e dados técnicos apenas quando as motos chegarem por aqui.

A BMW S 1000 RR de nova geração começou a ser vendida no Brasil em março, custando R$ 91.950. Da antiga geração, nenhuma peça foi reaproveitada. Além do visual renovado com foco na aerodinâmica, o modelo ficou 11 kg mais leve, reduzindo seu peso em ordem de marcha para 197 kg. 

A novidade também introduziu um novo painel de instrumentos colorido e totalmente digital. O motor, por sua vez, permanece sendo um quatro cilindro em linha com 999 cm³ de capacidade. Com a nova geração, a S 1000 RR passou a entregar 207 cv de potência, 11 cv a mais que o modelo anterior, e 11,5 kgfm de torque.

Na Europa, o pacote M opcional inclui detalhes com as cores da Motorsport, a divisão da BMW que dá nome à sigla. Além disso, traz uma série de peças retrabalhadas pela M, como banco, rabeta, rodas de carbono, coroa e pinhão e até mesmo uma bateria especial. Com o pacote, a moto perde mais 3,5 kg, indo a 193,5 kg. Inclui-se também modos de condução Race Pro, alterando configurações de controle de tração, ABS, modos de potência e inibidor de empinada.

BMW S 1000 RR 2020
BMW S 1000 RR 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a BMW S 1000 RR

BMW S 1000 RR