BMW entra na onda dos scooters aventureiros com o C 400 X

Modelo intermediário da gama de scooter da marca bávara na Europa é renovada para a linha 2021
BMW C 400 X

BMW C 400 X | Imagem: Divulgação

Enquanto no Brasil, a onda dos scooters aventureiros está apenas no início, com a Honda oferecendo a dupla X-ADV 750 e ADV 150, o mercado europeu já está bem mais adiantado. Desde 2017, quando X-ADV chegou por lá, a BMW já oferecia o C 400 X, com proposta similar, e o C 400 GT, mais urbano. Agora, a marca bávara anunciou mudanças para a dupla.

Enquanto o visual permanece o mesmo, a maior parte das alterações nos BMW C 400 X e C 400 GT se concentrou na mecânica. O objetivo maior foi tornar o propulsor mais eficiente, atendendo assim às cada vez mais restritivas normas anti-poluição europeias. Agora, a dupla já está de acordo com as regras Euro 5. Os preços, porém, não foram anunciados.

O motor permanece sendo um monocilíndrico de 350 cm³ com arrefecimento a líquido. Agora, ele entrega 35 cv de potência e 3,5 kgfm de torque. Entre as mudanças, foram adotados um novo sensor de oxigênio no escape, novo catalisador, acelerador eletrônico e o cabeçote foi revisado. Os novos C 400 também contam com um sistema de otimização da marcha lenta para reduzir as emissões.

Aproveitando a chegada dos novos modelos, a BMW fez mais alterações nos C 400 X e GT. Foi adotado um novo sistema de controle de tração que a marca afirma ser mais eficiente na hora de calibrar a entrega de força em superfícies de baixo atrito. As pinças de freio também são novas. Por último, os scooters receberam iluminação revisada e uma tomada USB para o carregamento de dispositivos no bagageiro abaixo do assento.

BMW C 400 GT
BMW C 400 GT
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!