BMW revela detalhes de seu novo motor Boxer

Propulsor de nova geração manterá a clássica disposição de cilindros e até mesmo o comando de válvulas por varetas
Acima o novo "Big Boxer" da BMW

Acima o novo "Big Boxer" da BMW | Imagem: Divulgação

Em maio, a BMW Motorrad apresentou o conceito R18 no Concorso d’Eleganza Villa d’Este mesclando elementos clássicos das primeiras motocicletas da marca com mais alguns toques de modernidade. Além do visual, o protótipo trazia uma nova interação do tradicional motor boxer da marca, com a clássica disposição de dois cilindros contrapostos deitados.

Agora, a marca bávara confirmou que esse motor não era apenas um conceito e que ele entrará em produção em 2020, divulgando os primeiros detalhes. A BMW o chama de “Big Boxer” e um dos motivos para isso é a elevada capacidade, de 1.802 cm³, fazendo com que cada cilindro tenha 901 cm³.

Seus pistões têm 107 mm de diâmetro e 100 mm de curso. Com essa configuração “quadrada” a promessa é de que a moto deva ter uma entrega de potência mais linear e um nível menor de vibrações. Para ajudar a evitar as trepidações nas mãos do piloto, esse novo motor conta com três rolamentos no virabrequim. Sua potência declarada é de 91 cv, o que não é muito para o tamanho do motor, mas seu torque máximo será de 15,3 kgfm, entregue entre 2.000 e 4.000 rpm.

A BMW ainda não divulgou em qual motocicleta esse novo motor fará sua estreia, apenas confirmou que o novo propulsor chega no próximo ano. Ele manterá as válvulas no cabeçote com acionamento no bloco (OHV), mas terá comando duplo variável. Além disso, haverá a opção de marcha ré acionada por um pequeno motor elétrico. 

Acima o novo
Acima o novo "Big Boxer" da BMW
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!