Com apoio do governo espanhol, MotoGP pode voltar em julho

Mundiais de motovelocidade e categoria Superbike podem iniciar temporada em Jerez (ESP) no próximo mês
Jack Miller e Franco Morbidelli no Gran Premio Motul de la República Argentina

Jack Miller e Franco Morbidelli no Gran Premio Motul de la República Argentina | Imagem: Divulgação/MotoGP

Depois de diversos contratempos por conta da pandemia da Covid-19, parece que finalmente a temporada 2020 da MotoGP terá início. O governo espanhol, por meio do Conselho Superior de Esportes, demonstrou apoio aos planos inicialmente apresentados pela Dorna para que as corridas sejam realizadas. A Dorna é a empresa responsável pela organização do campeonato.

“O governo espanhol entende o quanto as corridas de moto são importantes para o esporte na Espanha, o valor delas em nossa sociedade e o impacto na reputação do País, não somente no lado esportivo, mas também em relação ao desenvolvimento de novas tecnologias", disse Irene Lozano, presidente da entidade governamental espanhola.

Com isso, tudo indica que no dia 19 de julho será dado início ao campeonato mundial de motovelocidade. A estreia deverá ocorrer no circuito de Jerez, com uma segunda prova no mesmo local uma semana depois, como já havia sido sugerido por Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna.

Entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, o circuito localizado no sul da Espanha receberia então a segunda rodada do Mundial de Superbike, campeonato que também é gerenciado pela Dorna. Diferente da MotoGP, que sequer deu início ao campeonato, o Mundial de Superbike conseguiu realizar a primeira rodada na Austrália, e Alex Lowes lidera a classificação.

Marco Bezzecchi, da equipe Red Bull KTM Tech 3, no Gran Premio Motul de la República Argentina em 2019
Marco Bezzecchi, da equipe Red Bull KTM Tech 3, no Gran Premio Motul de la República Argentina em 2019
Imagem: Divulgação/MotoGP

Assine a newsletter semanal do AUTOO!