Com fim da Sportster, Harley mais barata do Brasil custará R$ 76 mil

Modelos de entrada da marca norte-americana deixarão de ser oferecidas no mercado brasileiro ainda em 2020
Harley-Davidson Iron 1200

Harley-Davidson Iron 1200 | Imagem: Divulga�§�£o

Depois de a cotação do dólar ter obrigado a Harley-Davidson a aplicar um reajuste de até R$ 22 mil em suas motos, a situação atípica do mercado por conta da pandemia da Covid-19 está fazendo mais uma vítima em nosso país. A marca norte-americana confirmou que 2020 será o último ano modelo da linha Sportster a ser oferecido no Brasil.

Hoje, a família Sportster é formada no mercado brasileiro pelos modelos Iron 883 e Iron 1200, justamente os modelos mais “baratos” da Harley-Davidson no Brasil. A primeira está custando agora R$ 49.590, mas vinha sendo comercializada desde janeiro até junho por R$ 39.900, sendo a porta de entrada da marca por aqui.

Já a Harley-Davidson Sportster Iron 1200 passou de R$ 43.900 para R$ 54.590 após os reajustes na tabela de preços do mês de julho. A marca afirmou que a dupla Iron 883 e Iron 1200 continuará sendo comercializada normalmente com ano modelo 2020 enquanto durarem os estoques nacionais, mas não haverá modelo 2021 para ambas.

Com a saída da família Sportster, a porta de entrada para os modelos da Harley-Davidson no mercado brasileiro passará a ser a Fat Bob com motor Milwaukee-Eight 107, mas já custando R$ 76.100. Enquanto Iron 883 e Iron 1200 estiverem disponíveis em estoque, elas permanecerão aptas para test ride nas concessionárias, seguindo as recomendações dos governos estaduais e municipais em relação aos cuidados com a saúde.

Harley-Davidson Iron 1200 2020
Harley-Davidson Iron 1200 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Harley-Davidson Iron 883

Harley-Davidson Iron 883