Como seria uma Honda Fireblade naked?

Designer britânico dá nova cara à superesportiva da marca. Resultado mostra que a Honda escondeu o melhor da moto
Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP

Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP | Imagem: Divulgação

O designer britânico Kar Lee, da Kardesign, gosta de responder à pergunta: “e se a montadora realmente fizesse uma moto assim?”. Com isso, as mais loucas imaginações ganham vida e foi exatamente isso o que aconteceu com a criação mais recente de Lee. Usando a nova Honda Fireblade de base, a Kardesign mostrou que ela seria uma bela naked.

Pouco antes do Salão de Milão (EICMA) de 2019, a Honda finalmente revelou a tão aguardada CBR 1000RR-R Fireblade, nova geração da superesportiva da fabricante japonesa, que trouxe um novo design e muito mais potência do que a antecessora. Porém, dada sua proposta, é uma moto que esconde a beleza de sua mecânica sob carenagens aerodinâmicas.

Ao retirar tais carenagens, a Kardesign revelou a “Honda CBR 1000RR-R Streetfighter” e mostrou que a moto pode ter linhas muito bem acertadas. Antes que você saia correndo para a loja, vale lembrar que é apenas uma projeção, não uma moto real. A Honda ainda não demonstrou interesse em construir uma “super naked” ou ter algo similar em seu portfólio de produtos. Mas, você teria uma se ela existisse?

A nova Honda CBR 1000RR-R trouxe inspiração dos modelos de corrida da Moto GP, como a RC213V, e sua versão homologada para as ruas, a RC213V-S. As novas Fireblade 2020 compartilham um motor de 1.000 cm³ de capacidade, com quatro cilindros em linha, capaz de entregar 217,5 cv de potência a impressionantes 14.500 rpm e 11,5 kgfm de torque a 12.500 rpm.
 

Acima a CBR 1000RR-R Streetfighter imaginada pelo designer britânico Kar Lee
Acima a CBR 1000RR-R Streetfighter imaginada pelo designer britânico Kar Lee
Imagem: Kar Lee/Kardesign

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Honda CBR 1000RR

Honda CBR 1000RR