Coronavírus: as marcas de motocicletas que pararam a produção

Com as atividades manufatureiras paralisadas até o final do mês, Harley é a primeira montadora norte-americana a parar
Nova Road Glide Limited substitui a Road Glide Ultra, com novos recursos

Nova Road Glide Limited substitui a Road Glide Ultra, com novos recursos | Imagem: Divulgação

A lista de fabricantes de motocicletas que suspenderam temporariamente suas atividades para ajudar a desacelerar a propagação do novo coronavírus continua crescendo. Na Europa, as empresas fecharam suas instalações ou reorganizaram seus procedimentos internos para respeitar as recomendações de saúde e segurança dos governos locais.

Marcas como KTM e Ducati já estão com a produção suspensa por lá e a indústria de motocicletas quase parou no Velho Continente. Medidas semelhantes estão sendo tomadas agora nos EUA. A Harley-Davidson se torna a primeira montadora norte-americana de motocicletas a tomar ação e anunciou que sua produção nos EUA será suspensa até o final do mês, mais especificamente até o dia 29 de março.

A empresa confirma que suspendeu a maioria de suas atividades depois que um de seus funcionários da planta de Menomonee Falls (EUA) foi diagnosticado com Coronavírus, o que levou a paradas também nas demais instalações da Harley-Davidson na região.

Atualmente, a marca afirma que a suspensão temporária vai até o final do mês. A decisão afeta cerca de 2.000 funcionários. Segundo a Harley-Davidson, a empresa aproveitará o tempo de inatividade das linhas para higienizar e desinfetar as áreas públicas e de produção de suas instalações.

A empresa pediu também a todos os funcionários da sede e do centro de desenvolvimento de produtos de Milwaukee (EUA) que trabalhem remotamente sempre que possível, pelo menos até o final de março. Todos os eventos patrocinados pela empresa, programados até meados de abril, também foram cancelados.

Honda no Brasil

Na tarde desta sexta-feira (20) a Honda emitiu um comunicado para a imprensa no qual detalha que "em relação à planta de motocicletas, localizada em Manaus (AM), no momento, as atividades produtivas seguem operando, com medidas adicionais de prevenção. A parada da produção é uma alternativa em avaliação, em resposta ao provável avanço na disseminação do vírus no estado do Amazonas. Durante esse período, os colaboradores envolvidos diretamente no processo produtivo entrarão em férias coletivas. Para os colaboradores que desempenham atividades administrativas vem sendo adotado o regime de Home Office. Para funções em que não é possível o trabalho remoto, está sendo praticado o escalonamento da equipe. A Honda está, a cada momento, revisando as contramedidas em resposta aos desafios impostos pelo avanço do Covid-19, priorizando a segurança e saúde das pessoas, a conformidade às diretrizes governamentais para conter o avanço da pandemia e a sustentabilidade dos negócios". 

Ducati Panigale V4 S
Ducati Panigale V4 S
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!