De PCX a Citycom: os scooters mais vendidos em janeiro de 2020

Segmento foi o único entre os modelos de duas rodas a mostrar crescimento. Todos os modelos dessa categoria subiram
Honda Elite 125 2019

Honda Elite 125 2019 | Imagem: Divulgação

Na comparação com dezembro, o mês de janeiro viu uma queda de 2,57% nos emplacamentos de motocicletas 0km. No entanto, entre todas as categorias pesquisadas pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), apenas uma viu crescimento no mês passado.

Apesar da entidade contabilizar as CUBs, como as Honda Biz e Pop 110i, junto com os scooters, em janeiro, essa categoria emplacou 31.768 unidades, contra 31.376 unidades em dezembro de 2019. Contabilizando apenas os scooters de fato e excluindo-se as CUBs, os números são, respectivamente, 9.280 unidades e 8.397. Ou seja, no mês passado, os scooters venderam 883 unidades a mais na comparação.

Em janeiro, a liderança entre os scooters ficou com o Honda PCX, seguido por outro modelo da Honda: o Elite 125. A Yamaha veio na sequência, com os modelos NMax 160 e NEO 125. Depois, aparecem Honda SH 150i, Haojue Lindy 125 e o Dafra Citycom 300i.

Veja os scooters mais vendidos em janeiro de 2020:

1) Honda PCX 150 - 3.057 unidades
2) Honda Elite 125 - 1.950 unidades
3) Yamaha NMax 160 - 1.605 unidades
4) Yamaha NEO 125 - 1.129 unidades
5) Honda SH 150i - 423 unidades
6) Haojue Lindy 125 - 216 unidades
7) Dafra Citycom 300i - 176 unidades 

Honda PCX 2020
Honda PCX 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags