Ducati anuncia alterações em seu programa de pilotagem

O Ducati Riding Experience passa a ser coordenado por Cesar Barros, ex-piloto de motovelocidade
Ducati Riding Experience

Ducati Riding Experience | Imagem: Divulga�§�£o

Para os proprietários de modelos da Ducati que estão interessados em ingressar no programa de pilotagem oferecido pela empresa, o Ducati Riding Experience (DRE), a marca anunciou algumas alterações na programação de imersão em pista oferecido diretamente pela fábrica. Os interessados em participar podem pedir a inscrição por meio do site dreducati.com.br.

O curso tem duração de um dia (das 8h às 17h). Os requisitos para participar são ser habilitado, CNH categoria A e equipamento completo de pilotagem (macacão de couro, protetor de coluna, capacete fechado, luvas e botas). Os cursos começam em 11 de julho e ocorrerá em um autódromo no estado de São Paulo.

A principal novidade está na contratação Cesar Barros, de 46 anos, para a coordenação do programa. Barros é ex-piloto e participa de competições desde 1979. Ele possui experiência em provas Internacionais, incluindo a sua participação na temporada 2001 do Mundial de Motovelocidade na categoria 250cc/Moto2.

Em 2017 Barros encerrou sua participação em competições com a comemoração da segunda colocação no 500 Milhas Brasil de Motovelocidade. Desde 2006 é comentarista de Motovelocidade do Programa Supermotor da TV Bandeirantes. A partir de 2020, Barros irá coordenar um time de instrutores habilitados no treinamento de cursos de pilotagem.

Outra mudança no DRE Brasil 2020 é a mudança da modalidade Safety para Road. Já no DRE Racetrack, a Ducati do Brasil abriu 10 vagas no curso para participantes com moto da família Panigale. Outra alteração é a “Prática Exclusiva”. Em todas as etapas do DRE Racetrack em 2020 serão abertas 15 vagas para uma “prática exclusiva”, na qual os participantes contam com quatro entradas na pista – sempre supervisionados por instrutores - para desenvolver suas habilidades na pilotagem esportiva.

Tanto no curso com uso de moto própria quanto na “prática exclusiva” os participantes poderão usar sua motocicleta Ducati desde que cumprindo com a revisão prévio de itens de segurança como estado dos pneus, freios, óleo, etc.

Conheça as modalidade do DRE para 2020

DRE Road - aperfeiçoamento da pilotagem com condução segura, seja no dia a dia ou na estrada. Nesta modalidade os participantes terão à disposição os modelos Ducati das famílias Monster e Multistrada. Com duração de um dia, o curso intercala aulas teóricas e práticas com exercícios voltados aprimorar as habilidades de condução.

DRE Racetrack EVO - voltado para o aperfeiçoamento das técnicas de pilotagem e o domínio da velocidade em pista. Nesta modalidade serão disponibilizados os modelos de alta performance da família Panigale. O curso foca no desempenho e em como aproveitar ao máximo a aceleração e melhorar a fluidez do estilo de pilotagem. Como se trata de um curso de alta performance é necessário comprovar experiência em pista. A novidade para 2020 é a abertura de 10 vagas para ducatistas que queiram fazer o curso com moto própria, desde que da família Ducati Panigale.

DRE Dream Tour – Pela primeira vez no Brasil, o DRE Dream Tour estreia no segundo semestre com um roteiro pelas estradas nacionais. Serão 15 motocicletas Ducati participantes que irão desfrutar de uma viagem com acompanhamento de instrutores. O roteiro do passeio será divulgado em breve.

Preços do DRE 2020
*inclui uso de motocicleta da frota da Ducati, alimentação, pneus e seguro

R$ 1.990,00 (DRE Road *) – 30 vagas
R$ 2.990,00 (DRE Racetrack EVO *) – 30 vagas
R$ 1.490,00 (Prática no DRE Racetrack EVO) – 15 vagas
R$ 2.100,00 (DRE Racetrack EVO com moto Ducati própria) – 10 vagas

Ducati Riding Experience
Ducati Riding Experience
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags