Ducati de portas abertas: saiba como visitar museu e fábrica

Depois de restrições por conta da Covid, casa na Itália volta ao funcionamento normal e traz grandes novidades; tickets custam a partir de 17 euros
Museu da Ducati, em Bolonha

Museu da Ducati, em Bolonha | Imagem: Ducati

A Ducati anunciou que seu famoso museu, em Borgo Panigale, Bolonha, vai reabrir ao funcionamento completo a partir de 21 de abril. Durante os últimos anos de pandemia, o local recebia visitantes, mas em horários e condições restritas. Com as exigências de isolamento se afrouxando na Europa, o museu voltará a funcionar de segunda a domingo,  das 9h as 18h - com exceção das quartas-feiras, quando permanece fechado.

  • FOTOS: veja detalhes do Museu Ducati

Como obrigações de segurança, os visitantes ainda precisam usar máscara e manter 1 metro de distância de outras pessoas. Além disso, a empresa também retornará com os tours por sua fábrica, as segundas, terças, quintas e sextas, com uma visita partindo de 9h30, e outra começando as 15h30. Nesse caso, também é exigido máscara e distanciamento social. Os preços para visitar o Museu Ducati é de 17 euros, enquanto o pacote incluindo a visita à fábrica sai por 32 euros. 

Museu Ducati
Museu Ducati
Imagem: Ducati

Exposição especial 


Em sua reabertura, o museu também contará com uma mostra especial. A partir de 23 de abril, para comemorar o 50° aniversário da vitória de Paul Smart nas 200 milhas de Ímola em 1972, a lendária "750 Imola" estará, por um tempo limitado, junta às 42 motos já presentes no local. Ainda como mais uma das atrações do museu, a empresa disponibiliza a partir de 21 de abril um tour virtual gratuito explorando a história da montadora. Os interessados devem fazer uma reserva on-line.

Ducati 750 Imola
Ducati 750 Imola
Imagem: Ducati

MAIS DO MUNDO MOTO

Confira detalhes da nova Yamaha Crosser 150