Em 1983 Erik Buell deixou seu trabalho como engenheiro e, em 1984, construiu a primeira moto desenvolvida para um grand prix, a RW750. Em janeiro de 2017 anunciou o fim de suas atividades, 34 anos depois de abrir as portas. Mas uma história como a da Erik Buell Racing não terminaria assim: a EBR anunciou que voltará a produzir motocicletas com alta performance em 2019.

Será uma produção menor, mas com motos exclusivas. "Seremos uma boutique focada em alto desempenho", afirma Bill Melvin, que comanda a marca. Ou seja, a única marca de motos de alto rendimento que ainda continua em operação nos Estados Unidos.

O primeiro modelo a ser apresentado será a 1190RX, com pintura comemorativa dos 35 anos da EBR. A superesportiva tem um motor V2 de 1190 cm³ de 185 cv e 14 kgfm de torque. Podemos esperar grandes emoções para os próximos meses! 

Redação

 

Redação |