Edição 2020 do TT da Ilha de Man é cancelado

Piloto brasileiro Rafael Paschoalin retornaria ao circuito de rua pela Honda após cinco anos de ausência
Detalhe do Isle of Man TT

Detalhe do Isle of Man TT | Imagem: Divulgação

Depois de diversas etapas da MotoGP serem canceladas ou postergadas por conta do avanço do coronavírus, mais um evento importante no mundo da motovelocidade sofreu as consequências da doença no continente europeu. O tradicional Tourist Trophy (TT) da Ilha de Man, que aconteceria entre os dias 31 de maio e 12 de junho, foi cancelado.

Após uma reunião com representantes do governo da Ilha de Man, a decisão foi a de cancelar a edição deste ano da tradicional corrida de motovelocidade na ilha, que é parte do Reino Unido. "A decisão de cancelar a prova não foi fácil. Todas as opções, que incluíam o adiamento da prova e o adiamento de uma tomada de decisão foram consideradas. O governo da Ilha de Man agora vai discutir as consequências para os negócios locais, para os acionistas e indivíduos afetados pelo cancelamento", disse Laurence Skelly, ministro dos negócios do governo daquele país.

Uma das consequências para o Brasil é que o cancelamento vai de encontro com os planos do Rafael Paschoalin, que voltaria a disputar a corrida em 2020 após ter confirmado o apoio da Honda Racing na disputa. O brasileiro, que se tornou o primeiro representante brasileiro a vencer a prova de subida de montanha de Pikes Peak (EUA), iria para a tradicional prova com uma Honda CBR 1000RR Fireblade SP após cinco anos de ausência no TT da Ilha de Man.

 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!