Elite 125 x Neo 125: o que cada uma traz entre os scooters de entrada?

Opções mais em conta ao transporte público, trazem comodidades não vistas nem em motocicletas convencionais
Capa para comparativo Honda Elite 125 x Yamaha NEO 125

Capa para comparativo Honda Elite 125 x Yamaha NEO 125 | Imagem: Thiago Moreno

Uma das consequências da pandemia da Covid-19 é que mais brasileiros estão evitando as aglomerações do transporte público e optando pelo uso de motocicletas. Para os novatos, os scooters com câmbio automático são os mais indicados e ainda trazem comodidades como porta-trecos sob os bancos, entre outros.

Entre os scooters mais acessíveis, o Honda Elite é o campeão de vendas, tendo ocupado a segunda posição entre os modelos mais vendidos dessa categoria no acumulado de 2020. No entanto, não muito atrás, o Yamaha Neo 125 aparece como a principal alternativa ao modelo da Honda. Mas, o que cada um tem?

Preços (sem frete)
Honda Elite 125: R$ 9.101
Yamaha NEO 125 UBS: R$ 9.490

Mecânica
Honda Elite 125
Motor: monocilíndrico, OHC 2 válvulas, arrefecimento a ar
Cilindrada: 124,9 cm³
Potência: 9,3 cv
Torque: 1,05 kgfm
Alimentação: injeção eletrônica
Partida: elétrica
Câmbio: automático CVT
Tanque: 6,4 litros
Peso a seco: 104 kg

Yamaha NEO 125 UBS
Motor: monocilíndrico, OHC 2 válvulas, arrefecimento a ar
Cilindrada: 125 cm³
Potência: 9,8 cv
Torque: 1,00 kgfm
Alimentação: injeção eletrônica
Partida: elétrica
Câmbio: automático CVT
Tanque: 4,2 litros
Peso a seco: 97 kg

Honda Elite 125 2019
Honda Elite 125 2019
Imagem: Divulgação

Suspensão
Honda Elite 125
Dianteira: garfo telescópico, 90 mm de curso
Traseira: monoamortecedor, 70 mm de curso
Pneus: 90/90 R12 (frente) / 100/90 R10 (traseira)

Yamaha NEO 125 UBS
Dianteira: garfo telescópico, 90 mm de curso
Traseira: monoamortecedor, 80 mm de curso
Pneus: 80/80 R14 (frente) / 100/90 R14 (traseira)

Equipamentos de série

Honda Elite 125: freio a disco na dianteira; sistema de freios combinados; faróis com lâmpadas de LED; painel digital; rodas de 12 polegadas na dianteira e de 10 polegadas na traseira; cavalete central; descanso lateral; gancho para sacolas. Espaço sob o banco: 18 litros.

Yamaha NEO 125 UBS: freio a disco na dianteira; sistema de freios combinados; faróis com lâmpadas de LED; rodas de 14 na dianteira e na traseira; cavalete central; descanso lateral; gancho para sacolas. Espaço sob o banco: 14 litros.

Conclusão

Na disputa entre os scooters de entrada, a briga entre Honda Elite 125 e Yamaha NEO 125 é mais acirrada do que os números sugerem. A líder do mercado tem ao seu favor o preço menor, capacidade de carga e o painel digital. Por outro lado, o rival da Yamaha responde com rodas maiores e mais seguras para buracos (apesar de sacrificar o espaço sob o banco), além de um pouco mais de potência e mais curso na suspensão traseira, o que pode ser mais apreciado por quem anda com garupa.

Yamaha Neo 125 UBS 2021
Yamaha Neo 125 UBS 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Honda Elite 125

Honda Elite 125