Em julho, produção de motos cresceu em relação a 2019

Dados da Abraciclo apontam para aumento de 25,3% na fabricação na comparação entre os meses de junho e julho
Fábrica

Fábrica | Imagem: Divulgação

Depois de os dados de emplacamentos mostrarem que, em julho, o mercado já estava comprando motos como em períodos pré-pandemia, agora, novos sinais positivos sobre o setor apareceram. Desta vez, números sobre a fabricação de motos em Manaus (AM) apontam para um crescimento do volume de modelos produzidos no mês passado.

Números da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes brasileiros de motocicletas, bicicletas e similares, mostraram que o número de motos produzidas em julho cresceu 25,3% na comparação com junho, um dos piores meses para o setor em decorrência do fechamento das fábricas por conta da pandemia. Foram 97.920 unidades fabricadas no mês passado, contra 78.130 unidades no período anterior.

Ao se comparar os volumes de produção de julho de 2020 com o registrado em julho de 2019, o crescimento foi de 6,9%, denotando uma recuperação da economia. Julho do ano passado teve 91.713 unidades produzidas. O cenário comparativo dos acumulados de vendas entre janeiro e julho, por outro lado, ainda é de queda. Do primeiro ao sétimo mês de 2020, foram produzidas 490.137 motocicletas, 22,1% a menos do que no mesmo período em 2019, quando o total foi de 628.818 unidades.

Sobre os primeiros sinais de recuperação, Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, afirmou que  “Esses números representam um alívio diante da situação enfrentada até o momento com os impactos da pandemia da COVID-19, pois mostram uma curva ascendente de produção, com recuperação gradativa dos volumes nas fábricas”.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!