Em reestruturação, Harley pode desistir de fazer a Bronx

Novidade seria uma naked esportiva de grande porte, categoria em que a marca não atua. Modelo não consta mais em site
Harley-Davidson Bronx

Harley-Davidson Bronx | Imagem: Divulgação

Nas últimas semanas, as notícias não vêm sendo muito positivas para a Harley-Davidson. Depois de anunciar prejuízo no segundo trimestre de 2020 para os seus investidores, a empresa informou que entraria em uma fase de reestruturação, com a diminuição do número de modelos oferecidos pela marca de Milwaukee.

A primeira vítima pode já ter aparecido. Além da já lançada Livewire 100% elétrica, a Harley-Davidson tinha dois outros modelos inéditos em uma área de seu site com lançamentos futuros. Um deles é a big trail Pan America e o outro era a naked Bronx. A dupla estrearia o propulsor Revolution Max. Na Pan America, são 1.250 cm³ de capacidade e 145 cv de potência máxima, enquanto na Bronx o motor tem 975 cm³ e a potência máxima é de 115 cv. No entanto, a naked não aparece mais no site da empresa, indicando o encerramento prematuro do projeto.

Harley-Davidson Bronx
Harley-Davidson Bronx
Imagem: Divulgação

Enquanto as informações ainda não foram confirmadas, nem negadas pela Harley-Davidson, a empresa já tinha comentado no início do ano que as estreias da Pan America e da Bronx haviam sido postergadas para 2021. Jochen Zeitz, CEO da Harley-Davidson, declarou anteriormente a intenção reduzir a linha da marca em 30%.

O chefão da Harley-Davidson afirmou que a linha de produtos atual da empresa é muito complexa e tal complexidade nas linhas de montagem aumenta os custos. As vendas da marca vêm se retraindo desde 2015, mas o segundo trimestre de 2020 foi o primeiro período em que a Harley-Davidson reportou prejuízos, ao passo que a comercialização de modelos usados em suas lojas cresceu.

Harley-Davidson Bronx
Harley-Davidson Bronx
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!