Fabricantes europeias pedem adiamento de novas regras de emissões

Normas Euro 5 já valem desde o início de 2020 para modelos inéditos. Motos já existentes têm até 2021 para se adaptar
Som

Som | Imagem: Reprodução internet

As novas normas de emissão de poluentes Euro 5 já estão em vigor na Europa desde 1º de janeiro de 2020 para modelos inéditos. Para demais modelos já existentes no catálogo das fabricantes, no entanto, as regras começam a valer a partir de 1º de janeiro de 2021. Essa situação, porém, pode mudar.

A ACEM, associação europeia das fabricantes de motocicletas, emitiu um comunicado endereçado aos governos dos países europeus e à União Europeia solicitando o adiamento da introdução das normas Euro 5 para modelos já existentes. O motivo seriam as pesadas perdas sofridas pelo setor devido ao avanço do novo coronavírus naqueles mercados.

Com as medidas de quarentena impostas por lá, as concessionárias estão fechadas e o estoque de modelos que atendem apenas o conjunto de normas anteriores, Euro 4, pode simplesmente ser perdido se não for vendido até a introdução das normas Euro 5. Caso o prazo não seja alterado, ainda existirá a possibilidade de vender parte do estoque até 2022, o que já é previsto, mas a quantidade de modelos que poderão ser comercializados é limitada.

No comunicado, a ACEM pede às autoridades responsáveis que "adotem todas as medidas necessárias para ajudar o setor a superar esta crise sem precedentes". Até o momento, nem o parlamento europeu, nem executivos da União Europeia se manifestaram sobre o pedido da associação das fabricantes.

BMW R 18
BMW R 18
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!