Família MT da Yamaha ganhará motores turbo

Propulsor sobrealimentado e protótipo que o utilizará foram flagrados e alguns detalhes técnicos vazaram
Protótipo da Yamaha com motor turbo foi flagrado

Protótipo da Yamaha com motor turbo foi flagrado | Imagem: Reprodução

Desde junho, rumores davam conta de que a Yamaha estaria trabalhando em um motor turbo para suas motos. No entanto, faltava ver o que a marca estava preparando de fato. Fotos do protótipo e alguns detalhes técnicos do propulsor foram vazados e publicados pelo site italiano Motociclismo.it.

A moto flagrada em si ainda aparenta ser um protótipo de testes nos estágios iniciais de desenvolvimento. A Yamaha provavelmente está avaliando o comportamento dos novos componentes, uma vez que motos dotadas de propulsores sobrealimentados são pouco comuns, sendo a Kawasaki H2 um dos raros exemplos em produção. Mesmo ela conta com um compressor de ar mecânico, não um turbo como a Yamaha pretende fazer.

De acordo com os italianos, o motor será um tricilíndrico de 847 cm³ herdado da linha MT-09. Porém a Yamaha teria alterado o curso e o diâmetro dos pistões, focando numa maior entrega de torque em baixas rotações, aproveitando as características do turbo. O sistema deverá contar ainda com um intercooler para resfriar o ar que vai para o motor, tornando-o mais denso e deixando a queima mais eficiente.

Saiba mais: confira o que mudou na Yamaha MT-09 2021

Motor turbinado da Yamaha será baseado no tricilíndrico da MT-09
Motor turbinado da Yamaha será baseado no tricilíndrico da MT-09
Imagem: Reprodução

Dados vazados informaram que este novo propulsor turbinado da Yamaha terá um pico de potência de 180 cv a 8.500 rpm. O torque pode chegar a 17,9 kgfm, com o pico tendo início já a 3.000 rpm. Os números são, respectivamente, 12,5% e 60% superiores na comparação com o motor aspirado atual da MT-09.

Ainda conforme as informações obtidas pelos italianos, a Yamaha não irá apenas adotar um turbo e um intercooler em suas motos futuramente. Para ficar ainda mais eficiente, o propulsor contará ainda com tecnologias de comando de válvulas variável para admissão e escape, além de injeção direta de combustível. As emissões de dióxido de carbono (CO2) ficarão 30% menores em relação à unidades aspirada. Com isso, a marca dos três diapasões estaria mirando não apenas nas regras Euro 5 de emissões de poluentes, mas já olhando as normas Euro 6, que prometem ser ainda mais restritivas.

Além de turbo e intercooler, novo motor da Yamaha contará com injeção direta de combustível
Além de turbo e intercooler, novo motor da Yamaha contará com injeção direta de combustível
Imagem: Reprodução
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Yamaha MT-09

Yamaha MT-09