Finlandeses propõem moto elétrica singular

Com motor elétrico montado radialmente em uma roda oca, Verge TS quer mostrar uma nova abordagem ao segmento
Verge TS

Verge TS | Imagem: Divulgação

Durante o Salão Internacional de Motocicletas de Milão (ITA) de 2019, os finlandeses da RMK Vehicles exibiram uma motocicleta bem diferente. O protótipo E2 tinha propulsão elétrica, mas lançava mão de uma solução revolucionária: instalar o motor elétrico na roda traseira, mas a peça ficaria em posição radial em uma roda sem cubo.

Por mais que a ideia tenha parecido de difícil realização, a empresa finlandesa tocou o projeto adiante e até mudou de nome, sendo chamada agora Verge. A moto em sua forma final de produção se chamará TS, em homenagem ao criador Teemu Saukkio, e será fabricada na Finlândia mantendo essa interessante alternativa de montagem do motor.

Ainda não há uma data fechada para a estreia da Verge TS, mas a empresa afirma que a moto já está pronta para ser vendida. Inclusive, seu preço já foi até divulgado: 24.990 euros, ou cerca de R$ 155,7 mil na conversão direta. Interessados na Europa já podem reservar uma unidade mediante o pagamento de um sinal de 2.000 euros (R$ 12,4 mil).

Olhando para os números, a Verge TS promete entregar 80 kW de potência, ou cerca de 108 cv. Para possibilitar o motor elétrico radial, a roda é coberta de cobre e elementos magnéticos para interagir com a corrente elétrica do motor. Se o número de potência não te impressionou, o de torque impressionará: são 101,9 kgfm.

A marca promete uma aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente a 180 km/h para preservar as baterias. A autonomia ainda não foi declarada oficialmente, mas a Verge afirma que a nova TS terá capacidade para rodar cerca de 300 km em uso urbano e 200 km na estrada antes de precisar ser recarregada.

Verge TS
Verge TS
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!