Gasolina cara? Veja dicas para economizar combustível na moto

Após os últimos reajustes nos preços, que tal rever algumas táticas para consumir menos ao rodar?
Gama Honda CG

Gama Honda CG | Imagem: Divulgação

Na última semana, a Petrobras anunciou o quarto aumento consecutivo no preço da gasolina vendida aos postos. Com isso, algumas regiões do país já estão pagando mais de R$ 6 pelo litro de combustível. Enquanto não se sabe se ou quando os valores vão cair novamente, que tal ver algumas dicas para consumir menos?

Reunimos aqui cinco medidas simples que podem te ajudar a usar menos gasolina ao rodar com a sua motocicleta. Elas compreendem desde cuidados com a mecânica do veículo até um “puxão de orelha” para os pilotos mais apressadinhos. Alguns componentes de customização e acessórios também influenciam.

Linha Honda CG 2020
Manutenção da moto tem que estar em dia
Imagem: Divulgação

Manutenção em ordem

O primeiro passo para garantir que sua moto não está consumindo mais combustível que o necessário é ter a manutenção da moto em ordem. Trocas de óleo em dia deixam o motor trabalhar com menos resistência, enquanto velas e filtro de ar novos fazem com que a queima dentro do cilindro seja mais próxima do ideal. Até mesmo manter a corrente bem esticada e lubrificada contribui para que a moto desperdice menos energia ao rodar.

Linha Honda CG
Desconfie de postos com preços muito baixos
Imagem: Divulgação

De olho no combustível

A famigerada “gasolina batizada” também não contribui para o consumo por conta da adição de solventes ou de mais etanol que o exigido por lei, além de diminuir a vida útil dos componentes do motor. Desconfie de postos com preços muito abaixo da média. Além disso, a moto pode dar outros sinais de gasolina adulterada, como dificuldade de partida a frio, engasgos ou consumo muito elevado.

Corrente BMW M Endurance Chain 2
Mantenha os pneus na calibragem correta e na medida original
Imagem: Divulgação

Pneus na medida

Pode parecer pouca coisa, mas ficar de olho nos pneus de sua moto pode contribuir para um consumo de combustível mais comedido. Siga sempre a recomendação do fabricante para a pressão dos pneus. Uma calibragem abaixo do recomendado gera um maior atrito das rodas com o chão e desperdiça energia. Idealmente, calibre os pneus uma vez por semana.

Outra dica importante é manter as medidas originais do pneu. É comum na hora de repor o pneu que veio de fábrica por outro mais largo, ou com um desenho diferente. No entanto, um pneu maior também faz com que o motor gaste mais energia para mover as rodas.

Conceito da BMW baseado em uma R 1200 GS capaz de rodar sem intervenção humana
Evite rodar com itens desnecessários
Imagem: Divulgação

Peso morto

Quanto mais peso uma moto carrega, mais ela gasta energia para sair da imobilidade. Então, não carregue mais que o necessário no veículo. Essa dica vale também para a turma da customização e das aventureiras, que levam grandes maleiros laterais nas motos sem nada dentro. Além do peso, os acessórios também aumentam o arrasto aerodinâmico da moto e pioram o consumo.

Honda CG 160 2020
Use os freios e o acelerador com parcimônia
Imagem: Thiago Moreno

Reveja seu modo de pilotar

Se você gosta de ficar acelerando e freando bruscamente, saiba que este é o contrário do indicado para se economizar combustível. Tanto nas arrancadas quanto nas reduções, modere o uso do acelerador. Idealmente, utilize sempre o giro mais baixo e marcha mais alta possíveis. Na hora de parar, preveja o que será necessário e diminua a velocidade progressivamente.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!