Hero e Gogoro lançam rede de troca de baterias para scooters elétricas

Empresas vão criar uma joint venture que promete revolucionar a forma de utilização de motos elétricas na Índia
Posto de troca de baterias da Gogoro

Posto de troca de baterias da Gogoro | Imagem: Divulgação

Uma das maiores fabricantes de scooters elétricas do mundo, a Hero, e a startup de Taiwan Gogoro, se uniram na Índia para lançar uma joint venture que promete ampliar o mercado desse tipo de veículo no país.

Fundada em 2011, a Gogoro produz scooters e bikes elétricas mas mais do que isso. A empresa desenvolve um sistema bastante inovador de troca de baterias portáveis, a rede Gogoro Energy. Graças a isso, suas motos dispensam tomadas e necessidade de serem plugadas para recarga.

Em vez disso, o cliente vai até um dos pontos de troca automatizados e substitui a bateria vazia por outra totalmente carregada. A ideia não é nova e foi tentada pela Renault em parceria com uma empresa israelense em seus primeiros automóveis elétricos, porém, nesse caso a troca era complexa por conta do tamanho e localização da bateria.

Numa scooter, a bateria é bastante compacta a ponto de ser levada facilmente por qualquer pessoa. O tempo de troca é extremamente rápido – apenas seis segundos, de acordo com a empresa.

A rede da Gogoro possui mais 2 mil pontos em Taiwan, mas a iniciativa na Índia deverá ser bem maior já que o país possui uma frota gigantesca sobre duas rodas.

A parceria fará com que as motos da Hero passem a usar a tecnologia de baterias da Gogoro daqui em diante.

Bateria portátil da Gogoro
Bateria portátil da Gogoro
Imagem: Divulgação

“Estamos em um estágio crítico na transformação da mobilidade urbana e na evolução das cidades inteligentes. Com mais de 225 milhões de veículos de duas rodas movidos a combustão na Índia, a necessidade de transporte elétrico inteligente e sustentável e reabastecimento é vital ”, disse Horace Luke, fundador e CEO da Gogoro.

A Hero afirma ser hoje a “maior fabricante mundial de motocicletas e scooters, em termos de volumes de unidades vendidas por uma única empresa em um ano”, com mais de 100 milhões de unidades já produzidas.

A tecnologia de troca de baterias não é uma iniciativa isolada das duas empresas. As japonesas Honda, Yamaha, Kawasaki e Suzuki criaram um consórcio justamente para desenvolver uma bateria padrão que possa ser trocada facilmente.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!