Honda Biz: o que a 110 tem a mais que a 125?

CUB da marca é o modelo mais vendido de sua categoria no Brasil, sendo oferecida em duas configurações diferentes
Honda Biz 110i 2020

Honda Biz 110i 2020 | Imagem: Divulgação

Quando a questão é a moto mais vendida do Brasil, não há discussão, esse posto fica a cargo da Honda CG 160. No entanto, pouco se fala da Honda Biz, a segunda moto mais comercializada do país no acumulado de 2020 até maio. A CUB é também a líder de sua categoria, que inclui ainda os scooters, modelos que têm crescido em popularidade nos grandes centros.

No entanto, as boas vendas da Honda Biz são o resultado da soma de suas duas opções de configuração. A marca oferece uma versão de entrada com motor 110 e outra, mais completa, com motor 125 e diferenças de equipamento. Claro que o motor maior e a lista de equipamentos mais farta acaba impactando preço da moto. A garantia de fábrica é de três anos para as duas.

Preços da Biz
Honda Biz 110i - R$ 8.476 (sem frete)
Honda Biz 125 - R$ 10.481 (sem frete)

Biz 110 ou Biz 125: o que elas têm em comum?

Apesar de os nomes serem ligeiramente diferentes, ambos os modelos da Biz compartilham do mesmo chassi do tipo monobloco e que permite um acesso facilitado para se montar na moto. Ambas mantêm um tanque de 5,1 litros sob o assento. O sistema de suspensão da Biz é compartilhada entre as duas versões, com garfos telescópicos de 100 mm de curso na dianteira e por braço oscilante com dois amortecedores e 86 mm de curso na traseira.

Ambas possuem freio traseiro a tambor com 110 mm de diâmetro. As rodas também têm a mesma medida: 17 polegadas na frente e 14 polegadas na traseira, o que leva a medida dos pneus a serem iguais. Na dianteira, a medida é 60/100 17, enquanto a traseira tem medida 80/100 14.

Em ambos os casos, seja na Biz 110i ou na Biz 125, a transmissão é mecânica de quatro velocidades. No entanto, a dupla conta com embreagem automática, que dispensa seu acionamento por manete. Além disso, o câmbio é do tipo rotativo, ou seja, estando-se na última marcha, é possível voltar para o neutro diretamente, sem se passar por todas as outras relações antes.

Honda Biz 125 2020
Honda Biz 125 2020
Imagem: Divulgação

Equipamentos para Biz 110i e Biz 125

A Honda Biz 110i é um modelo mais simples e voltado ao segmento de entrada. Assim, ela traz apenas o básico de itens de série. A moto vem com rodas de aço raiadas e o freio dianteiro é a tambor de 130 mm de diâmetro. As paradas são garantidas também pelo sistema de freios combinados, que aplicam força no freio dianteiro mesmo se o piloto acionar apenas o traseiro.

Entre os itens de conveniência, a configuração mais barata com partida elétrica e tomada 12V no porta trecos sob o assento. As cores disponíveis são branco (sólido), preto (metálico) e vermelho (perolizado), sempre com o banco e o acabamento interno do escudo frontal e painel pretos.

Para justificar praticamente R$ 2.000 de diferença de preço para a 110i, a Biz 125 traz mais equipamentos. As rodas podem manter a mesma medida nas duas versões, mas são de liga-leve na 125. O freio dianteiro substitui o tambor da 110i por um disco sólido perfurado de 220 mm de diâmetro.

Existem mais itens de conveniência na Biz 125 do que na 110i. Por exemplo, a moto mais cara já traz painel de instrumentos digital com marcador de combustível e relógio, enquanto a mais barata tem velocímetro analógico e apenas o odômetro total. A 125 também traz um prático gancho abaixo do painel para pendurar sacolas e bolsas. Para quem gosta de visual, a Biz mais cara pode ser pintada em dois tons. Ela pode vir na cor vermelha perolizada com assento preto, branca perolizada com assento creme, cinza metálica com assento preto ou ainda prata metálica com assento azul.

Honda Biz 125 2020
Honda Biz 125 2020
Imagem: Divulgação

Motorização: diferenças no coração da Biz

Como o nome das versões sugerem, a moto pode ser equipada com um motor 110 ou um 125. A base é a mesma para ambas, compartilhando o sistema eletrônico de injeção de combustível e até mesmo o câmbio. No entanto, a primeira tem pistão de 50 mm de diâmetro e curso de 55,6 mm, chegando a 109,1 cm³ de capacidade. Rodando sempre com gasolina, essa Honda BIz 110i entrega 8,3 cv de potência e 0,89 kgfm de torque.

Já para a Biz 125, o pistão passa a ter 52,4 mm de diâmetro, enquanto o curso também é ligeiramente maior, chegando a 57,9 mm e totalizando 124,9 cm³ de capacidade. Assim, a moto consegue entregar 9,2 cv de potência e 1,04 kgfm de torque, rodando exclusivamente com gasolina. Com as duas motos mantendo a taxa de compressão de 9,3:1, a diferença de desempenho vem simplesmente da maior capacidade da 125 sobre a 110i.

Honda Biz 110i 2020
Honda Biz 110i 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Honda Biz 125

Honda Biz 125