Honda Rebel pode ganhar motor da Africa Twin

Custom da marca, hoje oferecida com motores 300 ou 500, pode receber bicilíndrico 1.100 da aventureira
Honda Rebel

Honda Rebel | Imagem: Divulgação

Apesar de o mercado de motos custom no Brasil ser pequeno perto dos volumes de vendas das demais categorias, há uma moto da Honda que os amantes das estradeiras por aqui pedem há anos: a Rebel. A pequena custom da marca até fez aparições no Salão Duas Rodas em edições passadas, mas a empresa nunca demonstrou grande interesse em trazer a moto para cá de fato.

Oferecida nos mercados internacionais com motor 300 monocilíndrico ou 500 bicilíndrico, a Rebel pode ser alvo de uma atualização que tem tudo para deixar os fãs brasileiros com ainda mais inveja por não ter a moto aqui. De acordo com o site japonês Young Machine, a Honda estaria pensando em utilizar o motor da novo Africa Twin na custom.

Tal propulsor é um bicilíndrico de 1.084 cm³ arrefecido a líquido e que, na aventureira da Honda, entrega até 101 cv de potência e 10,5 kgfm de torque. Além de uma transmissão convencional, os compradores podem optar pelo sistema de câmbio automatizado de dupla embreagem da marca, o DCT.

Um dos motivos apontados para utilizar este motor também na Rebel, seria que a Honda planeja compartilhar mais componentes entre suas motos, com a finalidade de reduzir os custos. Até o momento, porém, o motor da Africa Twin é exclusivo da aventureira.

Para a custom, por outro lado, a Honda precisaria fazer algumas adaptações para acomodar o propulsor no chassi da Rebel, além de oferecer uma programação eletrônica para o que o motor se adeque melhor às demandas desse segmento, que preza por mais torque em baixas rotações do que potência em alta.

Honda Rebel
Honda Rebel
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!