Honda trabalha em Africa Twin mais acessível

Ideia da marca é preencher uma lacuna de sua linha para motocicletas aventureiras de média cilindrada
Honda CRF 1000L Africa Twin 2016

Honda CRF 1000L Africa Twin 2016 | Imagem: Divulgação

Na Europa, a Honda tem uma linha motocicletas aventureiras bem completa, incluindo modelos da família CRF de 250 cm³ e 450 cm³. No entanto, quem busca o fora-de-estrada mais sério com uma moto legalizada para andar nas ruas, vê uma lacuna entre a dupla CRF para a Africa Twin, de 1.100cm³ por lá. Modelos como CB 500X e NC 750X são mais voltadas para uso urbano.

De acordo com o site Motorcycle News, a Honda estaria trabalhando em uma nova Africa Twin com um motor de menor capacidade cúbica, até mesmo para atender às legislações europeias de habilitação para motos que são dividas em categorias conforme a potência dos motores. Além disso, o modelo é maior e mais pesado que a linha CRF, podendo gerar dificuldades para pilotos com menor experiência.

Fontes ligadas à marca afirmaram que a Honda pensa em utilizar o bicilíndrico da família NC, de 750 cm³, como base para esta Africa Twin menor. No entanto, a empresa estaria desenvolvendo uma variante de 790 cm³ para a novidade, não só para aumentar a performance, como também para atender às novas regras de emissões Euro 5.

Tendo por base o motor da família NC 750, esta nova Africa Twin menor pode ter como opção, além da transmissão manual, o câmbio automático de dupla embreagem. No entanto, para reduzir os custos e ter um produto atrativo para compradores mais jovens, é provável que a moto perca alguns itens mais caros, como o para-brisa ajustável, painel de instrumentos digital e suspensão sem regulagens. 

Honda CRF 1000L Africa Twin 2016
Honda CRF 1000L Africa Twin
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Honda CRF 1000L Africa Twin

Honda CRF 1000L Africa Twin
Tags