Julho: Honda se recupera, mas Yamaha se destaca no ranking

Moto mais vendida do Brasil está próxima de normalizar emplacamentos e marca dos diapasões tem mais modelos na lista
Yamaha

Yamaha | Imagem: Divulgação

Enquanto o primeiro semestre de 2020 mostrou 350.290 novas motos emplacadas, tal número foi 33,93% inferior às 530.152 unidades registradas em igual período de 2019. Após um início de recuperação em junho, o mês de julho já mostra que os piores períodos de baixas vendas por conta da pandemia da Covid-19 podem ter ficado para trás.

Dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) para a primeira quinzena de julho já apontam para números similares aos que eram vistos no período antes da crise. O principal exemplo disso é a Honda CG 160. A moto mais vendida do Brasil acumulou 10.655 unidades emplacadas nos primeiros 15 dias de julho. Extrapolando-se esse número para 30 dias, a líder do mercado teria cerca de 21 mil unidades comercializadas.

Ao longo de 2019, a Honda CG 160 obteve uma média mensal de emplacamentos de cerca de 22 mil unidades, então este seria um indicativo de recuperação. Também durante o ano passado, a Yamaha sempre batalhou para manter ao menos três de seus modelos entre as 10 motos mais vendidas de cada mês, mas julho já mostra um cenário mais positivo para a empresa.

Durante a primeira quinzena deste mês, a marca dos três diapasões conseguiu ter quatro de seus modelos entre as 10 motos mais emplacadas do período. A Factor 150, em nono, e a Lander 250, em décimo lugar, ocupam as posições em que normalmente já se viam os modelos da Yamaha no ranking.

Por outro lado, o destaque fica para a Yamaha Crosser 150, que ocupou a quinta posição do ranking e foi seguida pela Fazer 250. Elas foram as motos mais vendidas da marca no acumulado de julho até agora. A dupla ficou à frente de dois modelos importantes da Honda:  o PCX 150, scooter mais vendido do Brasil neste ano, e a Twister 250.

Veja as 10 motos mais vendidas na primeira quinzena de julho de 2020: 

1) Honda CG 160 - 10.655 unidades
2) Honda Biz - 4.495 unidades
3) Honda NXR 160 Bros - 3.360 unidades
4) Honda Pop 110i - 2.940 unidades
5) Yamaha XTZ 150 Crosser - 1.018 unidades
6) Yamaha Fazer 250 - 1.007 unidades
7) Honda PCX 150 - 947 unidades
8) Honda CB 250F Twister - 924 unidades
9) Yamaha YBR 150 Factor - 890 unidades
10) Yamaha XTZ 250 Lander - 850 unidades

Honda CG 160 Fan
Honda CG 160 Fan
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!