KTM trabalha em nova família 490

Motocicletas terão motores bicilindricos e serão posicionadas imediatamente acima da linha de modelos 390
KTM 390 Duke 2014

KTM 390 Duke 2014 | Imagem: Divulgação

Por meio de um documento distribuído para investidores, o grupo Pierer Mobility, controlador de marcas como KTM e Husqvarna, mostrou que uma nova família de motocicletas está nos planos para a primeira e deve ganhar os mercados internacionais com uma gama de modelos ampla.

Será uma nova família 490, que vai contar com um propulsor bicilíndrico e será posicionada imediatamente acima da família 390, que no exterior conta com a 390 Duke também oferecida no Brasil, a esportiva RC 390 e a recém-apresentada 390 Adventure, uma das atrações da marca no Salão de Milão de 2019.

A família 490, porém, deverá ser mais ampla do que é hoje a 390, contando com modelos Adventure, Supermoto/dual-purpose, naked e esportiva conforme foi adiantado aos investidores. Abaixo da linha da 490, o documento leva a crer que serão lançados mais modelos nas famílias 125, 250 e 390, provavelmente voltados para o mercado asiático

Subindo um pouco de cilindrada, a família 790/890 também deve receber novos modelos. As novidades devem aparecer na família 890, que estreou com a 890 Duke R, também exibida pela KTM no EICMA 2019. O motor da 890 atende às normas Euro 5, que entrarão em vigor na Europa em 2020. O documento não menciona, no entanto, previsão para o lançamento de nenhuma das futuras motos da fabricante austríaca.

Acima o documento distribuído a investidores que antecipa a nova família KTM
Acima o documento distribuído a investidores que antecipa a nova família KTM
Imagem: Reprodução internet

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags