Março: Produção de motos sobe, apesar de queda nas vendas

Números da Abraciclo apontam para mais de 100 mil motocicletas fabricadas no mês passado no Polo Industrial de Manaus
Linha de produção Honda

Linha de produção Honda | Imagem: Divulgação

Depois de praticamente todas as motos apresentarem quedas nas vendas no mês de março, números da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motociletas, Ciclomotores, Bicicletas e similares), apontaram bons resultados para a indústria no mês passado. De acordo com os dados da entidade, as associadas ainda não tinham sentidos ainda os efeitos do Coronavírus.

Com a maioria das empresas do setor no Polo Industrial de Manaus (PIM) suspendendo atividades apenas no final de março, os números de produção apontam a fabricação de 101.425 unidades no mês passado, um crescimento de 10,8% sobre igual período de 2019, que teve 91.535 unidades produzidas.

No entanto, já sentindo os primeiros efeitos da pandemia, as vendas no atacado registraram retração de 0,8%, com 92.900 unidades comercializadas, contra 93.605 unidades de março de 2019. As exportações no terceiro mês do ano chegaram a 2.730 unidades, com a Argentina absorvendo 33,9% desse volume, ou 905 unidades.

De acordo com dados do Renavam, março fechou com média diária de vendas de 3.426 unidades ao longo de 22 dias úteis. Pelos números disponíveis, isto significou a menor média diária de vendas de um mês de março desde 2004, que registrou 3.491 unidades por dia. Na comparação com o março do ano passado, com 19 dias úteis, a queda foi de 22,3% (4.410 unidades por dia).

Fábrica da BMW Motorrad em Manaus
Fábrica da BMW Motorrad em Manaus
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags