Motos estão proibidas na Marginal Pinheiros, em São Paulo

Motociclistas não poderão trafegar pela pista expressa da SP-015 a partir de maio
Dafra Citycom 300i 2016

Dafra Citycom 300i 2016 | Imagem: Divulgação

No dia 17 de abril o motociclistas de São Paulo ficaram sem mais uma alternativa para trafegar pela cidade, assim como outros condutores que utilizam motocicletas para atravessar a cidade. Com base em um plano de segurança viária, a Prefeitura da capital paulista anunciou a proibição de motocicletas na Marginal Pinheiros (SP-015) a partir de maio. Com o intuito de reduzir os acidentes de trânsito na cidade, motos não podem andar na pista expressa, que tem extensão de 22,5 quilômetros, no sentido da Rodovia Castello Branco e que também tem como destino a Marginal Tietê.

Essa proibição já existe na Marginal Tietê nos dois sentidos. Mas a Tietê conta com pista central, que também não pode ser utilizada pelos motociclistas das 22h às 5h, período em que há maior volume de caminhões. Com isso a Prefeitura quer reduzir para três a cada 100 mil habitantes o número de mortes no trânsito, meta que deve ser atingida até 2028.

No sentido para Interlagos (zona zul) a administração da cidade estuda criar novas faixas para a viabilizar a instalação de uma pista local, pois em alguns trechos existe apenas a pista expressa na Marginal Pinheiros. Assim, a largura das faixas vai diminuir, dificuldando ainda mais a vida dos motociclistas que por lá transitarem.

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!