Mulheres motociclistas já somam mais de 7,5 milhões no Brasil

Crescimento das pessoas do sexo feminino habilitadas para conduzir motos passa de 89% em oito anos
Cresce o número de pilotas no Brasil

Cresce o número de pilotas no Brasil | Imagem: Divulgação

Dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) analisados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), mostraram que as brasileiras vêm cada vez mais adotando a motocicleta como meio de locomoção.

Em 2011, 4.013.566 pessoas identificadas como do sexo feminino tinham a carteira de habilitação da categoria A. Em 2019, esse número saltou para 7.594.452 pessoas, o que representa uma alta de quase 89,2% em oito anos no país.

As boas notícias não param por aí. Uma fatia importante dessa alta veio das pessoas com mais de 40 anos. Entre as mulheres com idades entre 41 a 50 anos, a alta nos últimos oito anos foi de 127%, passando de 572.039 em 2011 para 1.298.532 em 2019. Outra faixa etária que apresentou crescimento expressivo foi a de 51 a 60 anos. A alta observada foi de quase 232%, saltando de 146.273, em 2011 para 485.379 no ano passado. 

Som
Entre 2011 e 2019, número de pilotas no Brasil aumentou quase 90%
Imagem: Reprodução internet

Assine a newsletter semanal do AUTOO!