MV Agusta trabalha em modelos de média cilindrada

Diretor executivo da marca confirma que já existe um motor dessa capacidade e marca quer entrar tal segmento
MV Agusta Rush 1000

MV Agusta Rush 1000 | Imagem: Divulgação

A fabricante de motocicletas premium de alta cilindrada MV Agusta planeja adentrar no segmento médio nos próximos anos. A afirmação foi feita pelo diretor executivo da marca, Timur Sardarov, ao site Asphalt & Rubber.

Para tanto, o executivo confirmou que a MV Agusta já trabalha em um novo propulsor de dois cilindros paralelos com 350 cm3 de capacidade. “A MV Agusta está entrando no maior e mais relevante segmento no mundo, que é o de motores entre 350 e 500 cm³. Vamos introduzir mais motores de menor cilindrada, mas com alto desempenho e tecnologia. Estamos trabalhando em um propulsor novo de 350 cm³, já temos algo e é um bicilíndrico”, afirmou Sardarov.

A MV Agusta deverá continuar a oferecer modelos premium, mas trará mais opções ao público. A ideia é aumentar o número de unidades comercializadas pela empresa não só nos mercados ocidentais, mas também nos mercados asiáticos, onde motocicletas com motores menores são a maioria das vendas.

Sardarov não deu informações sobre as motocicletas que serão equipadas com esse novo e menor propulsor da MV Agusta, nem para quando devemos esperar a chegada de tal novidade. No entanto, ele afirmou que, na Europa, as motocicletas com o motor 350 deverão custar entre 6.000 e 7.000 euros (R$ 27,8 mil e R$ 32,5 mil). 

MV Agusta Turismo Veloce Rosso 800
MV Agusta Turismo Veloce Rosso 800
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags