Na quinzena, Honda CG lidera e scooter Yamaha NMax entra no top 10

Líder absoluta vende o dobro da segunda colocada. Rival tem um scooter mais três modelos entre as motos mais vendidas
Honda CG 160 Start

Honda CG 160 Start | Imagem: Divulgação

O mês de julho já tinha mostrado uma recuperação do setor das duas rodas em relação a retomar o ritmo de vendas a níveis pré-pandemia. No mês passado, dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostraram que 85.166 motos novas chegaram às ruas no período, número que representou 95% da comercialização total de julho de 2019.

Saiba mais: veja quais foram as motos mais vendidas de julho

Agora, os resultados da primeira quinzena de agosto também prometem ser positivos. A líder absoluta, a Honda CG 160, já emplacou 14.426 unidades nos primeiros quinze dias deste mês. Extrapolando o número para o restante do mês, o modelo pode chegar a cerca de 28 mil emplacamentos, mais que as cerca de 26 mil unidades registradas em julho.

Enquanto outros modelos da Honda ocupam todas as posições até a quinta colocação, a Yamaha Fazer aparece em sexto lugar, com 1.089 unidades. A Yamaha ainda tem mais três modelos, mas a mudança mais importante desta quinzena de agosto é a presença do scooter NMax 160 na décima colocação, deixando outros modelos mais famosos da Honda de fora do ranking.

Confira as 10 motos mais vendidas da primeira quinzena de agosto de 2020:

1° Honda CG 160 - 14.426 unidades
2° Honda Biz - 6.882 unidades
3° Honda NXR 160 Bros - 5.333 unidades
4° Honda Pop 110i - 4.883 unidades
5° Honda CB 250F Twister - 1.143 unidades
6° Yamaha Fazer 250 - 1.089 unidades
7° Honda PCX 150 - 1.065 unidades
8° Yamaha XTZ 150 Crosser - 1.032 unidades
9° Yamaha YBR 150 - 996 unidades
10° Yamaha NMax 160 - 687 unidades

Yamaha NMax 2020
Yamaha NMax 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!