Nova Honda CBR 250RR: esportiva pequena não tem que ser simples

Novidade foi apresentada na Malásia desenvolvendo 41 cv de potência e traz tecnologias pouco vistas em sua categoria
Honda CBR 250RR

Honda CBR 250RR | Imagem: Divulgação

Em alguns países asiáticos, a carga tributária sobre motocicletas de alta cilindrada é realmente elevada, quase proibitiva. Assim, há um segmento forte por lá para modelos de baixa e média capacidade com um apelo mais premium. Foi assim que surgiu a Kawasaki Ninja ZX-25R, com um pouco usual motor de quatro cilindros em linha, 249 cm³ e quase 60 cv de potência.

De olho nesse segmento, a Honda anunciou uma nova CBR 250RR. Na nomenclatura da marca, as CBR RR são as opções de alta performance na linha de esportivas carenadas. A novidade estreou no mercado da Malásia, onde custa 25.999 ringgits, ou cerca de R$ 33 mil na conversão direta da moeda local.

Seu propulsor não é tão exótico quanto o da Kawasaki ZX-25R, porém. Trata-se de um bicilíndrico paralelo com arrefecimento a líquido com oito válvulas e 249,7 cm³ de capacidade. Ele é capaz de entregar 41 cv de potência a 13.000 rpm e 2,5 kgfm de torque a 11.000 rpm. A transmissão tem seis velocidades e já traz embreagem deslizante.

Falando em equipamentos, a nova Honda CBR 250RR já conta com itens que são mais comumente encontrados nas grandes esportivas da marca nipônica. Ela traz na dianteira amortecedores telescópicos invertidos, por exemplo. Apesar de não ser item obrigatório na Ásia, a moto já conta com ABS nas ruas rodas. A iluminação também já é feita por lâmpadas de LED.

Honda CBR 250RR
Honda CBR 250RR estreou na Malásia
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!