A Indian Motorcycle vem registrando, desde dezembro, diversos nomes para nova motocicletas no U.S. Patent (patentes dos Estados Unidos) e também na Europa. O nome que mais chama atenção é o "Indian Challenger".

Não quer dizer muito, indicando levemente para o que esse nome pode servir, mas provavelmente a marca está registrando esses nomes para poder proteger seus projetos estruturais e também acessórios, como roupas protetoras, jaquetas, calças, luvas e capacetes. Mas também é possível especular qual tipo de moto a Indian Challenger será.

O nome Challenger traz algumas suposições. Exemplo: não dá para deixar de lembrar do Dodge Challenger, o esportivo de entrada do grupo FCA. Portanto, podemos considerar uma moto voltada para corrida, adotando a definição de competitividade da palavra Challenger. O diretor de produto da marca, Ola Stenegärd, fala sobre a possibilidade de ter uma moto esportiva da Indian: “um exemplo é a BMW. Quando trabalhei lá tivemos que lutar muito para desfazer aquela imagem de motos confortáveis e pouco divertidas. Mas a Indian tem a vantagem de já ser uma marca que busca desempenho. Se a Indian fizer uma moto superesportiva, teríamos que começar com uma folha em branco, ou seja, do zero. Sempre haverá DNA da Indian na moto, mas pode ser apenas o logotipo ou o espírito das antigas motocicletas de corrida."

Mas o que poderia fazer mais sentido para a marca seria uma moto aventureira, principalmente porque a Harley-Davidson vai entrar neste mesmo segmento. Uma bike com capacidade off-road seria o mais provável, mas agora só resta esperar a informação oficial da Indian. O que é possível garantir é que temos ótimos produtos à caminho.

Adeus ao Brasil

Se e quando a Indian lançar uma nova moto, triste saber que ela não poderá chegar ao Brasil. Pelo menos não de forma oficial já que a marca deixou nosso mercado no ano passado devido aos baixos resultados no país. Antes disso, a fabricante já havia desistido de produzir suas motos em Manaus e se manteve apenas com importações, mas nem assim foi possível ficar. Quem sabe, com o reaquecimento das vendas um dia a lendária marca retorne ao país.

Vinicius Montoia

Formado pela PUC-SP em jornalismo, Vinicius já atua no setor automobilístico desde 2013. É criador do canal Narração Esportiva do Youtube, projeto que conta a história dos maiores narradores esportivos do país

Vinicius Montoia | https://www.youtube.com/channel/UC2lKRtZdmSdMRJZ8Pim78Fw