Nova Royal Enfield Himalayan 2021 chegará ao Brasil em outubro

Aventureira da marca indiana já foi apresentada na Europa e nos EUA, trazendo novas cores e equipamentos de série
Acima a nova Himalayan

Acima a nova Himalayan | Imagem: Divulgação

Em maio, a Royal Enfield apresentou ao mundo a linha 2021 da Himalayan. A aventureira que é a moto mais vendida da marca no Brasil, passou por alterações na paleta de cores e também na lista de equipamentos de série. Enquanto a Índia, a Europa e, recentemente, os EUA já têm a novidade disponibilizada, faltava saber quando a nova Himalayan chegaria ao Brasil.

Apesar de a empresa não confirmar uma data oficialmente, lojas da Royal Enfield na região da capital paulista confirmaram que a nova Himalayan 2021 deverá começar a chegar nas lojas do Brasil a partir da primeira quinzena de outubro. Os concessionários não souberam informar se os preços sofreram mudanças, mas, atualmente, o modelo tem preços partindo de R$ 18.990.

Para o visual, a moto não teve alterações. O que mudou foram as opções de cores. A Himalayan oferecida no Brasil pode ser adquirida apenas nas cores branca ou preta, ambas de acabamento fosco. Na série limitada Sleet, o tanque traz a cor cinza fosca. Agora, a nova Himalayan 2021 pode trazer pintura bicolor: cinza e preto, branco e azul e preto e vermelho são as novas combinações.

Outras mudanças importantes dessa Royal Enfield Himalayan 2021 está na lista de equipamentos de fábrica. A trail passa a contar agora com pisca-alerta. Além disso, a moto também oferece a possibilidade de se desligar o ABS, algo não oferecido no modelo 2020 vendido no Brasil e que é requisitado pelos proprietários que praticam fora-de-estrada com a moto.

Mecanicamente, a Royal Enfield Himalayan foi atualizada no final do ano passado para o mercado indiano. A ideia era atender aos novos parâmetros de emissão de poluentes para o conjunto de regras BS6 por lá. Com isso, a moto também está apta a atender às normas Euro 5. Além da reprogramação da central eletrônica, a Himalayan também ganhou um pequeno catalisador montado próximo à saída de escape do motor. A performance não mudou, com o monocilíndrico de 411 cm³ entregando ainda 24,5 cv e 3,2 kgfm.

Acima a nova Himalayan
Acima a nova Himalayan
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Royal Enfield Himalayan

Royal Enfield Himalayan