Produção de motocicletas em abril caiu 98%

Associadas da Abraciclo relataram a fabricação de menos de 1.500 unidades no mês passado em função da pandemia
Fábrica

Fábrica | Imagem: Divulgação

O mês de abril será um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19, ao menos quando o assunto for a produção de motocicletas. O mês passado foi o período em que praticamente todas as montadoras associadas da Abraciclo fecharam as portas para evitar uma maior contaminação. A associação reúne fabricantes de motos, bicicletas e similares, principalmente os instalados no Polo industrial de Manaus (AM).

Segundo a Abraciclo, suas associadas produziram apenas 1.479 motocicletas em abril. Esse número representou uma queda de 98,4% na comparação com o registrado no mesmo mês de 2019, que registrou 91.226 unidades, e de 98,6% quando comparado a março de 2020 (102.865 unidades).

Para o acumulado de produção entre janeiro e abril de 2020, o número está atualmente em 299.078 unidades. Isso representa uma retração no mercado na ordem 18,7% quando comparado com igual período do ano passado, quando 367.986 unidades foram fabricadas pelas associadas da Abraciclo.

“A produção do segmento ficou praticamente estagnada em abril, já que 70% das fábricas de motocicletas paralisaram suas atividades produtivas como medida de prevenção e segurança de seus colaboradores diante da pandemia da Covid-19”, afirmou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!